“O Braskem Labs nos coloca no mercado”, diz idealizador do Piipee. Veja como funciona o programa

As inscrições para a terceira edição do Braskem Labs, o programa de aceleração da Braskem, estão abertas. É a oportunidade de dar um salto com o seu projeto inovador, com mentorias e capacitação. Mas ninguém melhor do que aqueles que tiveram sua solução selecionada na edição do ano passado, para contar sobre a experiência de participar do programa, como Ezequiel Vedana, empresário e idealizador do Piipee.

O Piipee é uma solução biodegradável que economiza até 75% da água potável utilizada em vasos sanitários. Ele funciona por meio de um dispositivo, acoplado à bacia sanitária ou ao mictório, sem a necessidade de reformas. Quando acionado, o dispositivo libera 1ml da solução química com base em óleos e bactericidas naturais, que atua nas características físico-químicas da urina, removendo o odor, alterando a coloração e higienizando o vaso.

Uma das doze soluções escolhidas para o Braskem Labs 2016, o Piipee foi a empresa que mais se destacou pelo número de conexões e negócios fechados durante o programa. De acordo com Ezequiel, um dos contratos mais importantes foi com a própria Braskem. Hoje, o Piipee é fornecedor da empresa.

Ezequiel conta que foi procurado pela Braskem depois de aparecer nos canais de comunicação interna da empresa, que divulgava os selecionados em 2016. Após alguns testes, o Piipee foi aprovado e passou a ser usado nacionalmente. .

“Os números são sigilosos, mas, só a venda para a Braskem representa mais do que a venda para todos os outros clientes somados até hoje. Com isso, eu pude perceber que o maior benefício é justamente esse: ter a certeza que a Braskem não está fazendo o programa para ser somente mais um programa. Eles estão realmente interessados em descobrir e levar novas soluções para o mercado”, diz o empreendedor.

Além disso, de acordo com ele, muitas outras portas se abriram e novos contratos foram fechados. Atualmente, o Piipee é fornecedor de empresas como Vale, Arcelor Mittal, Enel, Mdias Branco, Oxiteno, Ypioca e a perspectiva é aumentar o leque de clientes.

Ezequiel destaca outro ponto importante do programa: o auxílio dos mentores. Segundo ele, os mentores ajudaram na parte administrativa da empresa e em várias conexões e parcerias que resultaram, no caso do Piipee, no uso de novas tecnologias.

“Os mentores tratam a startup como se fosse um projeto pessoal deles. Dessa maneira, eles nos conectam com parceiros, amigos e grandes companhias para agilizar todo o processo da empresa. Além disso, o programa é desenvolvido para nós, empreendedores, irmos para o mundo real. Não é um programa de planilhas e teoria, é prático”, conta Ezequiel.

> Você já pensou em como economizar água ao dar descarga

> Tem uma solução inovadora de impacto social? O Braskem Labs está de olho em você

Participar do Braskem Labs, segundo Ezequiel, foi uma experiência com muito impacto positivo para a empresa. Mas agora o Piipee está de olho no futuro. “A nossa perspectiva é vender mais, melhorar a nossa solução e desenvolver novas linhas de produtos”, afirma.

Mesmo assim, o empreendedor tira alguns minutos para dar um conselho aos futuros participantes do Braskem Labs. “Aproveitem ao máximo o programa. Sejam proativos. Busquem ajuda com os profissionais internos da Braskem e estejam dispostos a aprender e a evoluir como profissional e como empresa”.

Se você tem uma solução inovadora que envolva e química e/ou o plástico – ou ainda que combata o Aedes aegypti – inscreva-se no site oficial do programa até o dia 14 de maio. Saiba mais sobre o programa aqui.