Tem uma pergunta que um colega de trabalho me faz com uma certa frequência. “Quando é que vão lançar o Snapdragon Surface?” A resposta continua sendo: “não faço ideia”. Porém, nesta terça-feira (9), a Lenovo anunciou, na CES 2018, a melhor alternativa a isso: um 2-em-1 desmontável com Windows 10 e um Snapdragon dentro dele.

• CES 2018: Nova bandana da Philips promete melhorar seu sono sussurrando no seu ouvido
• CES 2018: Assistente de voz da LG não responde a comandos e deixa executivo na mão

Sim, é basicamente um Snapdragon Surface.

A HP havia anteriormente anunciado o Envy X2, que tem um design parecido, mas o Lenovo Miix 630, que também tem um processador Qualcomm Snapdragon 835 dentro, parece um pouco mais com o que você esperaria de um Surface. O processador é o mesmo que abastece smartphones topos de linha, como o Samsung Galaxy S8. Ele começa em 4GB de RAM, podendo ser aumentado para 8GB. A variante mais barata tem 64GB de armazenamento, mas pode ser equipada com ate 256GB. A tela de 12,3 polegadas tem resolução máxima de 1920 x 1280.

Embora a Lenovo não tenha dado detalhes sobre o quão rápido o novo dispositivo é, estimativas prévias do Windows 10 em um processador Snapdragon 835 sugeriam um desempenho comparável a um processador Intel i3 de sétima geração. Isso não é uma velocidade ótima para um aparelho cujo preço começa a partir de US$ 800 (R$ 2.600 na cotação atual), mas o Miix 630 definitivamente tem uma coisa a seu favor: a Lenovo alega que ele tem até 20 horas de duração de bateria.

E por ser abastecido por um processador móvel, ele também é perfeitamente adequado para 4G LTE e tem suporte tanto para um chip de telefonia celular físico quanto para um eSIM. A Lenovo diz que ele vai funcionar com a maioria das operadoras norte-americanas (não há informações para o restante do mundo).

O slot de chip físico.

O que mais me impressionou, além de estar segurando um dispositivo Windows com um processador da Qualcomm, foi o quão robusto o Miix 630 pareceu. O teclado em si oferece uma experiência de digitação decente. Eu escrevi uma carta de amor aos cães nele sem dificuldades. Não parecia que eu estava digitando em um clone do Surface.

O grande problema do dispositivo é o slot onde fica a caneta stylus que acompanha o aparelho. Ela é legal, mas um suporte físico para segurar a caneta em cima de um ímã parece 2007 demais para um dispositivo tão moderno.

O Lenovo Miix 630 vai sair a partir de US$ 800 (R$ 2.600 na conversão direta atual), mas vem com o Windows 10 S, em vez do Windows 10 completo, então certifique-se de guardar um dinheiro extra para fazer o upgrade no sistema operacional.

O dispositivo deve chegar no começo do segundo trimestre de 2018, algo entre o fim de março e o começo de abril. Nós definitivamente vamos testá-lo para ver se a duração da bateria é tão boa quanto a Lenovo alega. E para ver se os processadores Snapdragon estão realmente prontos para um dispositivo Windows.

Todas as imagens: Alex Cranz/Gizmodo




Tem uma pergunta que um colega de trabalho me faz com uma certa frequência. “Quando é que vão lançar o Snapdragon Surface?” A resposta continua sendo: “não faço ideia”. Porém, nesta terça-feira (9), a Lenovo anunciou, na CES 2018, a melhor alternativa a isso: um 2-em-1 desmontável com Windows 10 e um Snapdragon dentro dele. Sim, é basicamente um Snapdragon Surface. Saiba mais.