Os humanos (você não, você já estará morto) vão morar em algum lugar fora da Terra eventualmente. Podem existir opções de novos lares em Marte, o planeta orbitando a Proxima Centauri ou até mesmo um dos planetas do sistema Trappist-1. Mas e se começarmos na Lua? Ela é redonda como a Terra, está perto e tem gravidade. O que mais você poderia querer?

• Uma caçadora de asteroides nos fala do que precisamos para evitar o Armagedom
• Plutão agora é oficialmente uma espécie de submundo

Bem, provavelmente alguns livros, um videogame e uma daquelas lâmpadas para pessoas com transtorno afetivo sazonal. Alguns cientistas agora estão sugerindo que você pode viver em um tubo.

A Lua não possui uma atmosfera ou um campo magnético para nos proteger do Sol, meteoros ou raios cósmicos, então não podemos viver na superfície. Mas um time de cientistas japoneses está observando algumas fendas lunares que eles acham ser mais do que um buraco. Eles acreditam que encontraram túneis que cortam através da rocha vulcânica do satélite, medindo quilômetros. Eles podem ser nosso primeiro lar além da Terra.

Os cientistas descobriram pela primeira vez a Colina Marius, de dezenas de metros de profundidade, em 2009, e mostraram seus resultados no ano seguinte. Então, no ano passado, a missão Recovery and Interior Laboratory (GRAIL), da NASA, descobriu anomalias gravitacionais que podem indicar espaços ocos dentro das fendas, de acordo com um relatório do Eos. Os pesquisadores ficaram imaginando se poderiam ser tubos de lava, túneis horizontais ou câmaras de magma maiores e mais abertas.

kqzrxzjj3ypbnlfwahvp

A fenda das Colinas Marius (Imagem: NASA/GSFC/Arizona State University)

Agora, cientistas usando a nave espacial japonesa Kaguya descobriram espaços ocos com dezenas de quilômetros de extensão, nas profundezas das Colinas Marius, usando radar. Eles relataram seus resultados na 48ª conferência anual Lunar and Planetary Science, na semana passada.

Nós temos os nossos próprios tubos de lava aqui na Terra, o que torna os tubos lunares não tão estranhos assim. No caso do nosso planeta, eles se formaram quando o magma esfriou em volta de um rio de lava, eventualmente criando um espaço oco, de acordo com a página Craters of the Moon National Monument.

Não podemos ter 100% de certeza de que achamos de fato tubos de lava na Lua, a não ser que exploremos as cavernas de fato, e a exploração lunar foi substituída pela exploração de Marte nos últimos anos. Mas o Eos encontrou outra pesquisa da conferência sobre capturar a imagem dos tubos usando LIDAR (tipo o radar, mas com lasers ao invés de ondas de rádio). Então talvez possamos começar por aí.

e2wgetcmadnrdvh81tod

Imagem: Garry et Al

Portanto, os humanos do futuro, como nossos ancestrais, irão voltar a morar em cavernas? Provavelmente não, a não ser que também consigam se adaptar ao estresse físico e psicológico do espaço, descobrindo uma forma de minerar algum oxigênio lunar e criar água a partir dele, assim conseguindo criar plantas para fornecer comida sem luz solar… Já deu para entender.

Mas, bem, pelo menos nós poderemos ter cerveja na Lua.

[Eos]