O governo dos EUA chegou a um acordo com empresas de tecnologia em relação a quanto elas podem falar sobre os nossos dados que estão sendo coletados.

Segundo a AP:

O Departamento de Justiça anunciou o acordo na segunda-feira com o Google, Microsoft, Yahoo, Facebook e LinkedIn. Outras empresas também devem participar assim que ele for aprovado pela Corte de Vigilância de Inteligência Estrangeira. As empresas queriam prestar as informações para aliviar a especulação pública sobre a sua cooperação com o governo. O governo se opôs ao pedido das empresas, dizendo que isso poderia interferir nas investigações de segurança nacional.

Segundo a AP, o acordo ainda é “muito vago em termos” e as empresas precisam esperar seis meses antes de falar qualquer coisa. Até agora, a maioria dos pedidos de dados feitos pelo governo acompanharam uma Carta de Segurança Nacional, um pedido para manter tudo em silêncio. Então em breve você poderá saber um pouco mais sobre os hábitos de espionagem do governo dos EUA. [AP]