Alguns hackers fazem chantagem com serviços grandes da web, inundando-os com ataques DDoS e exigindo dinheiro para pararem. Isso é bem comum, e muitas empresas preferem simplesmente pagar para acabar com a interrupção no serviço – mas Feedly e Evernote estão resistindo bravamente.

Hoje, os dois serviços foram alvos de ataques DDoS. O Feedly diz que “o hacker está tentando extorquir dinheiro de nós”, mas “nós nos recusamos a ceder”. O Evernote, por sua vez, conseguiu “neutralizar um ataque de negação de serviço” há algumas horas.

Vale relembrar: DDoS significa “ataque distribuído de negação de serviço”, e se trata de inundar um servidor web com pedidos não-reconhecidos. Normalmente, esses pedidos são processados e rapidamente ignorados, mas quando vêm em grande quantidade, podem derrubar um site ou serviço online.

O Feedly avisa que voltará ao ar em algumas horas, depois de fazer algumas mudanças na infraestrutura – acompanhe as atualizações pelo Twitter. A empresa garante que os hackers não tiveram acesso a dados de usuário; eles só queriam derrubar o site em troca de dinheiro.

Já vimos isso acontecer recentemente: em março, hackers chantagistas fizeram ataque DDoS ao Campfire, serviço popular de chat em grupo. Em 7 de junho, o Deezer também sofreu com ataques DDoS. [Feedly via Forbes]

Imagem via Lifehacker