O Google está realizando uma grande manobra com o serviço Google Docs, abrindo-o para upload de todo tipo de arquivo. Isso inclui fotos, filmes, música e arquivos ZIP, e todos eles ficarão guardados nos servidores do Google.

Além de abrir o Docs para mais tipos de arquivos, o Google aumentou bastante o limite de tamanho para cada upload. A empresa ainda vai limitar os usuários a 500KB para documentos do Microsoft Word, e 10MB para apresentações do PowerPoint e PDFs, o novo limite para todos os arquivos que não podem ser convertidos para o formato Google Docs é de 250MB. Isso é 10 vezes maior que o limite para arquivos anexos no Gmail.

Em um post no blog da empresa, o gerente de produto do Google Docs, Vijay Bangaru disse que a novidade serve para tornar o Docs um substituto de pendrives USB, permitindo usuários a acessar seus arquivos em diferentes computadores. A empresa também está aplicando o mesmo sistema de compartilhamento baseado em permissões que já existe para os arquivos no Docs, permitindo aos usuários compartilhar arquivos uns com os outros.

Dito isto, o limite de espaço para arquivos não-Google Docs guardados no Docs será de apenas 1GB. Os usuários podem fazer um upgrade, no entanto, e o Google está contando com isto.

Assim como os usuários podem comprar espaço a mais para outros serviços, como o Picasa Web Albums e o Gmail, será possível em breve alugar espaço do Google. Para usuários comuns do Google Docs, isso vai custar 25 centavos por gigabyte por ano, enquanto clientes empresariais do Google Apps terão que pagar 3,50 dólares por gigabyte por ano. É uma diferença enorme de preço, mas suporte ao cliente e garantia contratual de funcionamento do serviço têm um custo.

Este post apareceu originalmente na CNET