Eu não consigo expressar em palavras o significado dessa notícia. O artista francês Nils Guadagnin fez o impossível ser quase-possível: ele recriou o hoverboard do De Volta para o Futuro II. E ele funciona perfeitamente… Se ninguém subir nele.

A prancha flutua basicamente a base de eletromagnetismo, mas a parte mais brilhante da peça parece ser o sistema de estabilização a laser que, nós deduzimos, ajusta dinamicamente os ímãs a mantê-lo flutuando em qualquer situação. Repare no final do vídeo quando Nils empurra a prancha. Ela responde com apenas uma chacoalhada.

Então se um simples artista consegue fazer tudo isso, imagine se a Apple ou se a Microsoft investisse alguns bons dólares em pesquisa e desenvolvimento da causa. A grande dúvida que fica é: OS XI ou um hoverboard? Qual deles trará mais respeito para você por menos de 200 dólares? [fubiz]

HOVERBOARD – NILS GUADAGNIN from nils guadagnin on Vimeo.