Os europeus não estavam brincando quando batizaram essa coisa de Extremely Large Telescope. Ele é, de fato, Extremamente Grande, destruindo os recordes anteriores. A lente óptica adaptativa no ELT tem 42 metros de diâmetro, comparados com os 30 metros do próximo olho espacial comparável.

O seu tamanho extraordinário dará uma visão única dos outros sistemas solares, fornecendo imagens de verdade e análises atmosféricas de grandes planetas e dando aos astrônomos o poder necessário para detectar planetas similares à Terra.

Ironicamente, o European Extremely Large Telescope ficará localizado nas montanhas do Chile, onde o ar é limpo e claro, os pássaros são felizes e a água é quentinha. [Space.com]