Quando você pensa em games e notebooks, imagens de imensas máquinas grossas como dicionários vêm à mente. Computadores notebook feitos especificamente para jogar são vagamente portáteis, mas a Nvidia quer mudar isso com uma nova abordagem de hardware e software para laptops chamada Max-Q, que deixa os gamers ficarem mais móveis.

O que é Max-Q Design?

Revelado na Computex 2017, que está acontecendo em Taipei, Taiwan, a Nvidia está chamando essa nova abordagem de Max-Q Design; um termo emprestado da indústria aeroespacial que costumava descrever o estresse extremo que os foguetes sofriam durante o lançamento. O que parece bem apropriado, porque desenhar computadores para jogar jogos de PC modernos com altos frame rates e gráficos detalhados é basicamente saber lidar com a potência e o calor.

Mas o foco da nova filosofia Max-Q Design é maximizar a eficiência em um notebook para equilibrar seu tamanho e performance de jogos, ao invés de apenas tentar enfiar o máximo de poder e gerenciamento de calor em um pedaço de hardware quase não-portátil que faz o barulho de um avião a jato. A abordagem Max-Q encoraja que os fabricantes de hardware melhorem tudo, do desempenho térmico do notebook, passando pelo projeto, até o software e os drivers, para que os gráficos e a performance de jogos de PC não tenham que sacrificar a portabilidade.

Laptops mais leves e mais finos já estão começando a aparecer lentamente, e é inevitavelmente a direção que máquinas como essa estão tomando. Até certo ponto, o Max-Q é uma forma inteligente de a Nvidia colocar sua marca e fazer o marketing do progresso que foi feito ao diminuir os laptops gamer. Mas ao promover apenas sua finura e leveza, a Nvidia também está tornando mais aceitável para os gamers pequenos compromisso de performance em troca de um notebook que eles possam de fato carregar por aí.

Como o Max-Q Design vai melhorar os notebooks gamers?

Pense em um aparelho fino. Muitos dos notebooks de ponta do mercado hoje que dependem da placa GeForce GTX 880M da Nvidia têm em média 50 milímetros de espessura. Por comparação, a Apple conseguiu diminuir seu MacBook Air até apenas 13 milímetros em tamanho. Todo esse tamanho extra nos laptops gamers atuais é necessário para lidar e dissipar o calor gerado por GPU, CPU e outros componentes internos rodando em capacidade total.

Mas, seguindo as guias do Max-Q Design, um laptop com uma versão móvel do GeForce 1080, com um aumento de 70¨de performance e uma redução de 50%, vai medir cerca de 18 milímetros e pesar algo perto de dois quilos. Por comparação, o MacBook Pro, o topo de linha portátil da Apple, tem 15,5 milímetros de espessura e pesa cerca de 1,8 quilo, mas com apenas uma placa de vídeo Radeon Pro 455.

O novo hardware Max-Q apresenta 40% a 50% de melhora em eficiência sobre os notebooks gamers atuais, o que reduz a necessidade de dissipadores de calor e ventilação pesada para o resfriamento. Menos ventiladores quer dizer que será mais silencioso também.

Um modo Whisper (sussurro em inglês) opcional pode ser ativado, automaticamente diminuindo o frame rate e a qualidade dos gráficos do jogo para reduzir a carga na placa de vídeo e suas necessidades de resfriamento. Ao estudar os hábitos dos gamers, a Nvidia criou um modo Whisper especial para mais de 400 títulos populares, balanceando frame rate e qualidade de gráfico para garantir experiências otimizadas de jogo de acordo com a necessidade de cada título, com menos estresse no hardware.

Que laptops vão apresentar o Max-Q Design da Nvidia?

Asus ROG Zephyrus

n7uaovwl4ndaqc4tff7z

Principal notebook que a Nvidia está usando para mostrar do que é capaz com a abordagem Max-Q, o Asus ROG Zephyrus, com um quad-core Intel Core i7-7700HQ, 8GB GTX 1080 e até 24GB de RAM DDR4, mede cerca de 17,9 milímetros de espessura quando fechado. Mas se expande cerca de seis milímetros adicionais quando aberto para criar um duto de ventilador embaixo para maior fluxo de ar. E esse é um ótimo exemplo de como o Max-Q está usando inteligentes truques de design para aumentar a performance, não apenas a simples potência.

Clevo P950HR

pyawkhaeyokvnkmt5zui

Com 19 milímetros, o Clevo P950HR é um pouco mais grosso que o primeiro laptop Max-Q da Asus, mas ele pesa apenas 1,896 quilo com uma placa GeForce GTX 1070 dentro. Ele também vem com um upgrade opcional de tela de 3840 x 2160 sobre o padrão de 1920 x 1080 HD, para gamers que queiram rodar 4K sem precisar de um monitor externo.

MSI GS63

vf2zvsiiormjaygmayeh

O mais leve dos laptops Max-Q anunciados na Computex é o GS63 da MSI, que vem com 1,79 quilo e 17,7 milímetros de espessura. Dentro está uma GeForce GTX 1070 resfriada com o “Cooler Boost Trinity” da MSI, que depende de cinco diferentes canos de calor além de um ventilador de resfriamento projetado especialmente.

O que isso quer dizer afinal de contas?

Laptops supostamente dão prioridade à portabilidade acima de tudo, mas até agora isso sempre incluiu um grande sacrifício quando se trata de gráficos e capacidade de jogar. Ninguém jogando Overwatch com regularidade vai comprar um MacBook Air, mas isso pode mudar em breve. Ao encorajar os fabricantes de hardware a desenvolverem suas máquinas o mais eficientemente possível, a Nvidia finalmente encontrou uma forma de incorporar os mesmos chips que usam em suas imensas placas de vídeo de desktop em um laptop que é fino o bastante para ser carregado para o trabalho todo dia. Gamers de verdade não precisam mais arrastar um monstro de nove quilos, ou ter uma máquina separada só para jogar.

A abordagem Max-Q da Nvidia também pode ser o que os hardwares de realidade virtual como o Oculus Rift e o HTC Vive precisam para finalmente deslancharem. Esses headsets precisam de um poderoso computador para criar seus mundos 3D, limitando onde eles podem ser usados. Mas com um laptop Max-Q poderoso na sua mochila, de repente a sua viagem de metrô matinal vira um esforço bem menor quando você pode explorar um mundo completamente diferente entre as estações.

[Nvidia]