O Motorola Droid X acabou de ser lançado oficialmente nos EUA, e chega às lojas de lá no dia 15 de julho por US$ 200 (no contrato de 2 anos). Nós já sabíamos todos os detalhes do smartphone, que não tem data ainda para chegar ao Brasil (onde não terá um nome tão fera). Mas a festa de lançamento, em plena Times Square de Nova York, foi mais um momento para mostrar o crescimento do sistema Android: de acordo com o Google, são 160 mil celulares com o robozinho vendidos por dia no mundo. 

Primeiro, o Droid X: ele tem uma tela de 4,3” com resolução de 854×480, saída HDMI, câmera de 8 megapixels, 8 GB de memória interna (mais 16 GB no MicroSD que acompanha), Wi-Fi n, 3G, e Android 2.1 – a atualização para o 2.2 virá em algumas semanas. O processador não é o famoso snapdragon do Nexus One e Xperia X10, mas uma variação mais rápida do que está debaixo do Milestone, um ARM v7 TI OMAP de 1 GHz.

Há duas outras novidades tecnológicas interessantes: a possibilidade embutida de usar o celular como hotspot Wi-Fi para conectar até cinco computadores (como qualquer dono de Nokia faz com o Joikuspot) e o DLNA, que faz com que uma TV com acesso a Wi-Fi possa ver as fotos que estão no seu celular, por exemplo. Bem bacana.

O formato dele é meio esquisito, fino embaixo e gordinho na parte de cima, por causa da câmera:

Nossos amigos do Giz US estavam lá no evento de lançamento e aos poucos vão dando mais detalhes sobre o aparelho, definido por Eric Schmidt, CEO do Google, como o novo "smartphone platinum" do Google, a menina dos olhos do Android – mais importante que o HTC Evo 4G. Por enquanto, as impressões têm sido bem positivas: o Droid X é mais leve e dá a impressão de ser menor que o HTC Evo 4G – coisa que não é.

O teclado multitouch, com swype integrado, também foi definido como o melhor em um smartphone com Android. A câmera, com flash duplo, também parece fazer bonito (clique aqui para ver a resolução inteira):

O Droid X é especialmente importante por dois motivos: foi anunciado com barulho um dia antes da chegada do iPhone 4 às lojas e está na rede da Verizon, considerada pelos americanos como a melhor para qualidade das ligações e tráfego de dados. Teremos mais informações assim que os nossos amigos do Giz US passarem mais tempo com o aparelho.