Os carros do Google Street View pegam imagens curiosas frequentemente, mas um caso recente fez o Google ter que se explicar e garantir que seus automóveis jamais foram responsáveis pelo atropelamento de um jumento.

Imagens do Street View em Kweneg, em Botswana, mostram um jumento deitado no chão após a passagem do carro, o que levantou a suspeita de que o veículo foi o responsável pelo seu atropelamento. Um tweet foi o primeiro registro do caso, e a história ficou tão grande que chegou a ser publicada pela Fox News.

A imagem do Google Maps revela uma nuvem de poeira surgindo do jumento machucado, sugerindo que a imagem tenha sido capturada enquanto ele caia no chão, e não que ele já estava deitado. Outras evidências – quando você passa pelo jumento, você vai vê-lo andando na rua, sem nenhum machucado.

Mas, segundo o Google, o que aconteceu foi o contrário: ele estava deitado no chão e se levantou ao perceber o carro se aproximando. As imagens a seguir estão na ordem cronológica dos fatos e mostram o carro chegando ao lugar que o jumento estava, ele percebendo a proximidade, se levantando e, depois que o carro passou, ele continua de pé e segue com a sua vida.

xlarge

xlarge (1)

xlarge (2)

xlarge (3)

Então, o carro do Street View jamais foi responsável pelo atropelamento de um jumento. Ao menos não nesse caso em Botswana. Não podemos garantir que nada tenha acontecido em outra parte do mundo. [Google Lat Long via The Next Web]