Os serviços de vídeo sob demanda (VoD) – para alugar filmes e programas através da internet, mas direto na TV – ainda engatinham no Brasil. A Telefônica lançou o OnVideo em São Paulo no ano passado, quando a NET já preparava um serviço concorrente, focado em conteúdo HD. E ele chegou: chamado de Net Now, ele será oferecido a partir de 25 de abril para assinantes dos pacotes NET HD e NET HD Max. E o assinante não precisa fazer nada para receber o serviço.

O Ztop viu uma prévia do serviço, que estará disponível em algumas regiões da cidade de São Paulo quando for lançado – e em toda a cidade, e quem sabe outras praças, até o final do ano.

O Net Now tem 2.000 títulos, entre conteúdo gratuito e pago. Há muita coisa em alta definição (1080i, não é Full-HD), mas há vídeos em definição padrão também. Os vídeos do Now são baixados através da internet, mas o serviço não usa sua conexão: ele usa uma rede paralela ligada à caixinha da TV a cabo, que tem um modem embutido.

E como funciona o serviço? Antes de tudo, vale lembrar que isto não é o pay-per-view que você conhece: com o vídeo sob demanda (VoD), você paga e vê o filme na hora, e quantas vezes quiser – em vez de esperar pela sessão única do seu filme, como é no pay-per-view.

Quem já assina o NET HD e NET HD Max receberá uma atualização na caixinha (set-top box), que coloca um ícone do Now na tela, e transforma o canal 1 em uma plataforma de acesso ao serviço. Daí é entrar no Now e escolher o que você quiser: o conteúdo está separado por categorias – cinema, kids, música, variedades e, claro, conteúdo adulto.

Você pode escolher entre ver programas gratuitos, ver shows, cantar no karaokê (credo), assistir a um dos 30 “filmes do mês” do Telecine (gratuitos pra quem tem Telecine) ou alugar filmes por preços que vão de R$3,90 (definição padrão) a R$9,90 (filmes em HD) – caro, não? Você fica com o filme de 24 a 48 horas, dependendo do estúdio. Você pode começar a ver o filme em uma TV da sua casa e terminar em outra, desde que você assine ponto adicional do Net HD ou HD Max.

O modelo da Net é diferente do adotado pela Telefônica. Enquanto a Net foca em conteúdo HD, a Telefônica oferece só conteúdo em definição padrão; mas para usar o OnVideo da Telefônica, você não precisa ser cliente deles – basta ter uma conexão à internet de 1Mbps ou superior, e pagar R$19,90/mês. Na Net, você precisa ser assinante de pacote HD para usar o serviço de VoD, mas o Net Now não cobra a mais por isso, e nem usa sua conexão de internet.

O Ztop tem mais imagens e detalhes do novo serviço da Net, então vale conferir. O Brasil está atraindo serviços de VoD aos poucos, com a possível chegada este ano da Boxee Box, Mubi e Netflix, então teremos mais opções em breve. O que você achou do Net Now? [Ztop e Exame]