A Nokia anunciou hoje os resultados do primeiro trimestre, e enquanto a empresa está conseguindo ganhar espaço aos poucos no mercado americano, seu desempenho fora dos EUA está mais difícil. A Nokia teve um prejuízo operacional de €1,3 bilhão nos últimos três meses.

Independente da medida que você usar – prejuízo operacional, fluxo de caixa (-€590 milhões), prejuízo ajustado (€260 milhões) – a Nokia está sangrando dinheiro. E avisa: o próximo trimestre será igual ou pior.

As vendas da Nokia nos EUA vem “excedendo expectativas”, segundo o CEO Stephen Elop. A empresa está sendo bastante agressiva por lá: além de uma enorme campanha de marketing, os aparelhos Lumia estão sendo oferecidos até de graça em planos de dois anos.

Mas outros mercados se provaram “mais desafiadores”, segundo Elop, apesar do marketing. No total, a Nokia vendeu 11,9 milhões de smartphones durante o primeiro trimestre, menos que a metade de um ano atrás – isso se deve principalmente à queda na venda de aparelhos com Symbian. A Nokia lembra, no entanto, que o efeito foi “parcialmente compensado pelo crescimento de dispositivos Nokia Lumia”. A Nokia vendeu mais de 2 milhões de Lumias nos últimos três meses.

Já faz um ano que a Nokia está atrás de Samsung e Apple em vendas de smartphones. Será que o Windows Phone pode colocar a empresa de volta ao topo? Se você está empolgado com a estratégia e os novos aparelhos da Nokia, fique atento: nosso review do Lumia 800 sai em breve. [Nokia e resultados (PDF) via The Verge]