Hoje em dia, qualquer menção a 4K imediatamente faz com que pensemos em imagens em altíssima definição – e também em produtos com preços exorbitantes. Isso deve mudar no futuro, nos prometem. Algumas empresas já dão passos nessa direção, e, lá fora, alguns aparelhos 4K vão ficar bem mais acessíveis – ainda que longe da realidade de muita gente.

O preço dos monitores 4K, por exemplo, está em queda. A Dell lançará uma tela UltraSharp de 28 polegadas 4K ainda neste mês por US$ 700. Asus e Lenovo também estão com monitores do mesmo tamanho por menos de US$ 800. Claro, ainda é bastante dinheiro – se chegarem no Brasil, serão caríssimos do mesmo jeito. Mas em comparação ao que era cobrado no ano passado – a Sharp, por exemplo, tinha um monitor de 32 polegadas 4K por US$ 4.555 – estamos observando uma redução significativa nos preços. No mundo das TVs, a tendência é a mesma. A Vizio, que infelizmente não vende seus aparelhos no Brasil, lançou uma TV 4K de 50 polegadas por US$ 1.000 na CES. E, conforme o 4K vá se tornando popular, os preços devem cair ainda mais.

Mas vamos voltar à Dell. O monitor UltraSharp vem com intensidade de cores de 1.073 bilhões de cores, ângulo de visão de 170 graus, tempo de resposta de 5 milissegundos. E chega às lojas já no dia 23 de janeiro – isso lá fora, claro. [PC WorldUberGizmo]