temos visto a tecnologia OLED há um tempo e não é sem razão – uma das promessas da tecnologia ultrafina OLED é a enorme proliferação de HUDs, que não funcionam tão bem com a maioria dos painéis opacos de displays. Ao esticar os painéis OLED translúcidos até uns 30cm, juntar tudo e jogar dentro de uma armação, a Samsung obteve um marco simbolicamente importante: uma janela OLED.

O display tem pouca saturação, apresenta uma resolução fraquinha de 840×504 pixels e requer marcos divisórios que dão uma quebrada na imagem. No entanto, ao ver isto tem-se a impressão de que mesmo que esteja anos e anos à nossa frente, chegará o dia quando poderemos controlar a luz natural das nossas casas, assistir a vídeos ou projetar um HUD na janela da sala de estar. Um dia. [Tech-On via OLED Display]