A máquina com visual retrô todo estilosão tem uma peculiaridade, inspirada no fato de que tanto fliperamas quanto máquinas de lavar roupa usam moedas: a pessoa realmente precisa jogar bem para que a roupa seja lavada. Se você “perder a ficha”, a máquina de lavar também para.

Chen, que tem 27 anos e faz design na Universidade Kingston, em Londres, disse que teve a ideia após perceber que todas as suas habilidades supremas com games não eram úteis em parte alguma do mundo real. “Eu quis [achar uma maneira de] torná-las úteis.” Eu suspeito que ele esteja mentindo. Pra mim, ele só queria uma desculpa pra poder gritar para a patroa “calma, essa roupa não vai ficar limpa se eu não bater o meu recorde!”

Como você deve estar suspeitando, essa máquina certamente não está à venda. É apenas um projeto de faculdade. Quem sabe um dia. Quem sabe. [Design Week]