Tudo indica que a concretização da aquisição da Motorola pelo Google já anda causando seus efeitos: a Bloomberg noticia que Sanjay Jha, CEO da Motorola e considerado um dos responsáveis por tirar a empresa da crise, será substituído por Dennis Woodside, atualmente vice-presidente sênior do Google.

A mudança não foi confirmada por nenhuma das duas empresas, mas a Bloomberg diz ter ouvido a informação de três fontes diferentes. Woodside está no Google desde 2003, já foi presidente das Américas na empresa e ocupava o cargo de vice-presidente sênior — o que, no fim das contas, faz com que a mudança para CEO da Motorola não seja exatamente uma “promoção”.

Já Sanjay, que foi nomeado CEO da Motorola em 2008, foi aclamado por ter tirado a empresa do buraco após o limbo do sucesso do V3 e a dificuldade em entrar no mundo dos smartphones. Sua aposta no Android para lançar o Milestone, quando o sistema do Google ainda não era uma commoditie como é hoje, ajudou a reerguer a empresa. Porém, nos últimos tempos, ela voltou a perder espaço no mercado e acabou sendo adquirida pelo Google. Jha não deve estar tão triste assim: apesar de ver a porta da rua, ele ganhou US$66 milhões durante o processo de aquisição do Google. Aguardamos a confirmação oficial de que a Motorola será mais do que nunca um produto Google. [Bloomberg via The Verge]