Imagina a seguinte situação: uma fabricante de carros dará aos donos do seu próximo lançamento uma carteirinha que garante gasolina aditivada em postos específicos pelos próximos dois anos. E o melhor: você nem precisa abastecer no posto com o carro em questão. Aí você lê na internet que a carteirinha é fácil de falsificar, dá para colocar a sua foto por cima e fabricar um código de barras sem muita dificuldade. Mesmo sem pagar um tostão a mais, você consegue ter o privilégio dos outros, sem qualquer benefício à rede de postos ou a marca original. Parece uma ótima ideia? [ ] S [ ] N? Se sim, então, amigo dono de Android, você pode aumentar a capacidade do seu Dropbox em 23 GB com um hack razoavelmente simples.

Como noticiamos há um mês, a HTC fez um acordo com a Dropbox para dar aos donos da sua nova (e excelente) linha One um espação extra no Dropbox por 2 anos para guardar aquele monte de fotos e o que mais precisar. Alguém no XDA descobriu que era possível modificar o app do Dropbox para que ele entendesse que o telefone em que ele estava se instalando se identificasse como um novo HTC e, voilà, poucos minutos depois, mais espaço grátis até a HTC descobrir o hack, é claro.

Estou sendo caxias demais em achar a coisa condenável? Eu não sou exatamente contra a falsidade ideológica internacional light que estamos acostumados na internet. Mas aqui é razoavelmente óbvio que se todo mundo der o jeitinho sugerido, a mamata acaba, talvez até para quem seria beneficiado (por uma empresa que obviamente pagou para ter o diferencial a seus clientes) pra começar.

Mas bem, se mesmo assim você se interessou, pode ir ao Diário do Android, Eu Android ou outros blogs de Android do Brasil. Procurei nos outros blogs grandes gringos que acompanho sobre a plataforma (Android Central, Android and Me, Android Police, Life of Android, entre outros) mas não achei a receita do hack. Coincidência engraçada. Mas bom, como não vi ninguém mais reclamando (até recebemos a “dica” de post de alguns leitores), eu que estou maluco. Esqueça o que eu escrevi, baixe o app, ganhe alguns gigabytes de graça e depois volte à vida normal de comentarista que reclama do maldito jeitinho brasileiro, políticos e tudo o mais.