Nuno Silva, evangelista da Microsoft para o Windows Phone em Portugal, deu uma entrevista ao site Zwame e disse que todos os Windows Phones já lançados receberiam a atualização para o Apollo, o esperado Windows Phone 8. A Microsoft, no entanto, não confirma e fontes dizem que na verdade é o oposto: aparelhos atuais não vão receber o update para o WP8.

A entrevista com Nuno Silva agora está indisponível no YouTube (“este vídeo é privado”), indicando que ou ele disse o que não devia, ou divulgou informações errôneas. Mas o WMPowerUser tem o pedaço da entrevista que interessa:

Zwame: Em termos de dispositivos, quem hoje tem um terminal, é expectável que…

Nuno Silva: O que Microsoft publicamente afirmou, e é o que eu vos posso dizer, é que todos os dispositivos atuais vão receber o upgrade para o próximo major version do Windows Phone. Estamos a falar de Apollo.

Z: Quando estamos a falar de atuais, são todos os que seriam para o mercado?

NS: São todos os que seriam para o mercado. Desde os primeiros [?] que foram comprados, os LGs e Samsungs Omnia 7, que foram os primeiros dispositivos a serem lançados com Windows Phone.

Nuno afirma que a Microsoft disse publicamente que todos os Windows Phones já lançados receberão o Apollo. Só que a Microsoft nunca disse isso em público – se tivesse dito, não seria surpresa nem novidade. Na verdade, a própria Microsoft, respondendo ao Ars Technica, diz que não “compartilhou ainda qualquer informação sobre isso [a disponibilidade de upgrades]“, e mais:

Nós afirmamos publicamente que todos os apps em nosso Marketplace hoje vão rodar na próxima versão do Windows Phone. Fora isso, não temos nada a compartilhar sobre lançamentos futuros.

É o mesmo que Terry Myerson, vice-presidente corporativo do Windows Phone, disse em fevereiro. Segundo a ZDNet, quando perguntaram a ele se os aparelhos atuais seriam compatíveis com o novo Apollo, Myerson desviou-se da pergunta e disse que o objetivo é tornar todos os apps compatíveis com o novo WP. Como lembra Mary Jo Foley, se os aparelhos atuais fossem mesmo receber o WP8, Myerson teria dito isso logo, acabando com rumores e especulações – em vez de fugir da pergunta.

Além disso, fontes do ZDNet e também do The Verge dizem que os Windows Phones atuais não serão atualizados para o Apollo. As fontes não citam motivos para isso, mas acredita-se que podem ser duas coisas: limitação de hardware ou restrição das operadoras. Ou seja, ou o Apollo vai exigir mais do hardware que os dispositivos atuais podem oferecer; ou as operadoras não garantem distribuir o Apollo para todos os Windows Phones, então a Microsoft não poderia prometer o update.

De um jeito ou de outro, seria meio preocupante ver uma plataforma que prometia combater a fragmentação acabar caindo no mesmo erro. [WMPowerUser via Ars Technica; ZDNet via The Verge]