Esta é a visão que têm as últimas gotas de água mineral daquela garrafa. E neste post há mais 44 fotos brilhantemente conceitualizadas, frutos do último Desafio fotográfico  do Giz US.

O desafio era colocar a câmera em lugares inusitados para capturar imagens em perspectivas bem diferentes. Aqui estão as melhores e como cada fotógrafo fez parachegar ao resultado:

Foto de abertura: A Gota d’Água

A perspectiva da minha garrafa de água mineral… Eu cortei o fundo de uma garrafa de um litro, prendi na lente e posei para a foto. O maior desafio foi tornar isso um auto-retrato. Eu tentei com garrafas de cerveja, mas mesmo as menores lentes de 58mm não couberam, e eu acabei com várias garrafas quebradas antes de tentar usar a perspectiva da garrafa de água que eu estava de fato bebendo. Fotografado com uma Canon Rebel XSi, Sigma 17-70mm 2.8-4 Macro HSM lens @ 58mm, ISO 100, 1/50, f/4.
– Esmer Olvera

Bucha de Canhão

Eu tirei essa foto em Edinburgo, na Escócia. Antes de sair para a cidade eu resolvi ver qual era o Shooting Challenge da vez e pensei que eu talvez conseguisse fazer este desafio. A minha câmera foi colocada no topo de um dos canhões originais do Castelo de Edinburgo. Esta é a perspectiva que um atirador teria ao lutar em uma guerra do século 16. Agora a vista é de uma cidade bonita e moderna, mas eu fico imaginando como seria a paisagem da época. Eu usei uma Canon PowerShot SX20 IS, ISO 80, 1/800.
– Alexa Kaminsky

Rente ao Chão

A minha 5D ficou de fora desta; em vez disso, eu prendi a minha GoPro HD (sim, ela também faz fotos) ao bloco de motor da moto de um amigo. Para fazer esta imagem eu configurei a GoPro HD em modo time-lapse, para tirar uma foto a cada 2 segundos. Infelizmente, ela não fotografa em RAW, mas um rápido ajuste de curvas e uma endireitada no Photoshop deram uma bela melhorada.
– Charlie Dwyer

Abertura

Esta é a abertura da minha lente de 50mm. Eu configurei a minha Nikon D70s com uma lente macro 105mm, em f/32, apontada diretamente para a 50mm. Coloquei um post-it atrás, com as letras "CH", e uma luz vermelha atrás disso. Eu finalmente consegui luz suficiente com uma exposição de 30s em ISO 200. Tive que configurar a abertura em f/32 para conseguir a profundidade. De todos os outros jeitos que eu tentei, não dava para perceber as letras atrás da abertura.
– Howard Hunt

Gosto de Andar de Bicicleta

Eu usei Fita Gaffer para fixar a câmera na minha bicicleta, uma Mixte Frame — o que tornou fácil posicionar a câmera. Usei um obturador remoto para fazer várias fotos enquanto andava pelo bairro o mais rápido possível. Joguei no Photoshop para ajustar os níveis e as cores. Canon XTi, Sigma 10-20mm a 10mm, F22 e abertura prioritária (1/10s).
– Matthew Neuman

O Ratinho Não Quer Brincar

Pronto de vista de um rato sendo perigosamente perseguido. Fiz um buraco em uma caixa de papelão e coloquei a câmera dentro. A maior dificuldade não foi a iluminação (isso eu resolvi com uma dupla de luminárias de mesa em volta da caixa); foi fazer o Manly cooperar. Tive que atrair ele com uma cordinha entrando na caixa (dá para vê-la fora de foco). Nikon D40 com lente Nikor 35mm f/1.8. ISO 200, f/2 e exposição 1/15".
– Jorge Jimenez

Olha o Monstro das Cervejas

Esta foto era a minha segunda opção, e a mais prática das duas. A primeira seria uma foto do ponto de vista do vaso sanitário. Mas colocar voluntariamente um equipamento de 3 mil dólares no mesmo lugar em que eu largo um barro todo dia não me pareceu um bom custo/benefício. Então fui para a geladeira!

Tirei cerca de 50 fotos minhas e do meu pai, na esperança de conseguir o ponto de foco e composição corretos. Foi difícil porque eu não podia ver a LCD sem tirar a câmera da geladeira, onde ela ficou equilibrada em uns potes de gelatina. Canon EOS 5D Mark II, 17-40mm, lente f/4L, obturador remoto wireless. 1/25th, ISO 4000, f/4.0.

Vencedora

Eu fui para dentro de uma abóbora! Fiz um buraco na parte de trás em vez de fazer em cima, para poder colocar a lente. Coloquei o senhor Abóbora em um banquinho e dei uma erguida no seu ponto de vista colocando uma luva de cozinha embaixo do seu "queixo". Meu tripé Gorillapod foi muito útil para pegar a perspectiva que eu queria. Então eu descobri que o cercado da minha sacada, sobreposto com os prédios vizinhos, dava uma boa impressão de dentes. Acordei antes do nascer do sol no dia seguinte para ver o que eu conseguia, e… aí está! Bom dia! As edições incluem apenas a remoção de alguns pontos de ruído e um crop. Olympus E-510, 14-42mm, 1.3", F22, ISO 100.
– Lea Chambers

Não deixe de ver as outras fotos que recebemos na galeria abaixo. Elas praticamente tão incríveis quanto as vencedoras acima. Se quiser vê-las em tamanho máximo, há sempre o Flickr.