5 dicas para se aquecer no inverno e economizar na conta de luz

Quem trabalha ou estuda em casa provavelmente vai passar boa parte do inverno no conforto do lar. Veja como poupar energia elétrica no frio
5 dicas para se aquecer no inverno e economizar na conta de luz
Imagem: Freepik/Reprodução

Quem trabalha ou estuda em casa provavelmente vai passar boa parte do inverno no conforto do lar. Inevitavelmente, nos lugares com temperaturas mais baixas, costumamos usar aquecedores e demais aparelhos que tornam nossos dias mais confortáveis nesse frio. Afinal, ninguém quer passar os dias tremendo no sofá ou sofrendo para digitar um e-mail com os dedos gelados.

O difícil é não deixar a conta de luz subir às alturas nesse período. Por isso, veja as cinco dicas abaixo para poupar energia e, ao mesmo tempo, garantir que a casa se mantenha confortável no inverno.

1 – Utilize um umidificador de ar

Pode parecer uma dica aleatória, mas esse investimento faz sentido: um umidificador de ar pode ajudar a manter a casa quentinha sem aumentar drasticamente suas contas. No verão, temos o costume de evitar o ar úmido, porque a água retém o calor. No inverno, o ideal é fazer o oposto.

O ar úmido é mais quente do que o ar seco. Portanto, uma boa dica é usar um aparelho desses para tornar a casa mais confortável no frio. O umidificador de ar alivia o desconforto criado pelo tempo seco, o que pode ser útil para pessoas com problemas respiratórios, e cria um ambiente mais agradável.

2 – Ligue o seu ventilador de teto

Uma dica simples, mas que vale ouro. Ao contrário do que muitos pensam, os ventiladores de teto não servem apenas para se manter fresco no verão. Se você tem um em casa, saiba que ele pode ajudar a deixar o ambiente mais confortável no frio. A maioria dos ventiladores de teto são projetados para funcionar no sentido horário e anti-horário. O sentido anti-horário é o que normalmente usamos, no calor, porque ele cria um fluxo de ar para baixo para resfriá-lo.

Por outro lado, o sentido horário puxa o ar frio para cima e força o ar quente para baixo, o que pode ser útil no inverno. Como o ar quente é menos denso, ele tende a ficar acumulado no alto, junto ao teto do quarto. Manter o ventilador ligado e girando no sentido horário permite empurrar para baixo o ar quente e aquecer melhor o quarto.

3 – Ilumine a casa de forma estratégica

Há algumas maneiras de iluminar a casa que fazem mais sentido no frio – e, de quebra, gastam menos energia. Uma ótima maneira de reter calor ao longo do dia no apartamento ou casa é aproveitar a luz solar. O sol é um ótimo aliado para aquecer um ambiente, desde que você abra bem as cortinas. Quando o sol for embora, feche as cortinas para ajudar a reter o calor recebido durante o dia.

Outra dica é acender velas. Além de trazer calor para o ambiente durante o inverno, e ser uma iluminação agradável durante a noite, elas podem indicar correntes de ar na residência. Ao acender a vela, fique de olho no rastro de fumaça saindo da chama. Se você notar que o rastro está sendo puxado na direção de uma porta ou janela, é provável que tenha uma corrente de ar escapando naquele ponto da casa. Depois, não se esqueça de apagar a vela antes de sair do ambiente – nunca é uma boa ideia deixar uma chama acesa sem vigilância.

4 – Evite os “vampiros de energia”

Os vampiros de energia são aparelhos que consomem eletricidade enquanto não estão sendo utilizados. Qualquer dispositivo ou eletrônico que fique em stand-by provavelmente está gastando energia sem necessidade. Isso inclui carregadores, notebooks, televisões, consoles de jogos ou até mesmo a chaleira elétrica.

Fique de olho nos aparelhos que estão desnecessariamente conectados à tomada e desligue o cabo de energia. Parece simples, mas essa prática permite poupar bastante energia e reduzir consideravelmente os gastos.

5 – Cubra as janelas

Muitas vezes, temos janelas antigas em casa, que já não dão conta do serviço, e algumas delas com avarias. Nem sempre é simples trocar as janelas de uma residência – e também não é algo barato. Caso você esteja enfrentando esse problema, é recomendável cobrir as janelas para não deixar o frio entrar.

Uma boa alternativa é investir em cortinas térmicas. Há opções de cortinas à altura do chão, capazes de impedir a entrada de ar frio pelas janelas e reter o calor. Normalmente, esses materiais têm de duas a quatro camadas de tecido, incluindo um painel central de espuma isolante.

Assine a newsletter do Gizmodo

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas