O premiado ator, diretor e produtor norte-americano Forest Whitaker receberá a Palma de Ouro honorária na cerimônia de abertura da 75ª edição do Festival de Cinema de Cannes, evento que será realizado de 17 a 28 de maio na Riviera Francesa. As informações são via Deadline.

“Uma lenda que deixa uma impressão inabalável no cinema e espectadores. O vencedor do prêmio Forest Whitaker receberá uma Palma de Ouro Honorária em Cannes 2022 durante a Cerimônia de Abertura em 17 de maio. Ele é uma personalidade rara com um forte compromisso humanitário”, disseram os organizadores no Instagram oficial do evento. Confira ao anúncio:  

“34 anos atrás, ir a Cannes pela primeira vez mudou minha vida e garantiu que tomei a decisão certa de me dedicar a conectar a humanidade através do cinema”, disse Whitaker. “É sempre um privilégio voltar a este belo festival para exibir meu trabalho e ser inspirado por vários dos maiores artistas do mundo – e me sinto incrivelmente honrado por ser celebrado como parte do importante 75º aniversário do Festival”, completou ele.

Esse será o segundo prêmio dado a Whitaker em Cannes. Em 1988, ele foi premiado como Melhor Ator por sua performance em “Bird”. Além disso, Whitaker também tem um Oscar de Melhor Ator por “O Último Rei da Escócia” (2006), de Kevin Macdonald. A Palma de Ouro honorária é dada a artistas cuja trajetória profissional é equiparada por seus feitos humanitários. A homenagem à Forest Whitaker será entregue na abertura do festival.

Forest Whitaker vem silenciosamente atuando de forma incrível há 35 anos. E para fazer aquele esquenta antes do Festival separamos 5 obras primas com o ator. Se liga só:

5 – Pantera Negra (2018)

“Pantera Negra” foi um grande sucesso quando chegou aos cinemas em 2018, e lançou o falecido Chadwick Boseman para o estrelato. Na trama, Forest Whitaker interpretou um estadista mais velho enfrentando uma tribo rival pelo domínio. O elenco de “Pantera Negra” levou para casa o prêmio SAG de Melhor Elenco por este filme. O personagem de Whitaker é uma espécie de Obi-Wan Kenobi–sábio, medido e respeitado.

4 – Bom Dia, Vietnã (1987)

Forest Whitaker apareceu em vários grandes filmes militares, mas um de seus primeiros (seguindo o excelente “Platoon”) foi “Bom Dia, Vietnam”, que também estrelou o falecido Robin Williams em um papel icônico em sua carreira. Whitaker interpreta um soldado americano que trabalha na estação de rádio na base no Vietnã, onde o personagem de Williams transmite seus programas de rádio de comédia. As expressões faciais de Whitaker enquanto ele assiste a Williams (que provavelmente improvisou grande parte das partes do programa de rádio de sua performance) são realmente inestimáveis.

3 – O Mordomo da Casa Branca (2013)

Em “The Butler”, de Lee Daniels, Forest Whitaker interpreta um mordomo na Casa Branca que serviu nesse papel por oito presidentes. Durante o mandato do mordomo na 1600 Pennsylvania Avenue, ele tem um assento na primeira fila da história através dos anos do movimento pelos direitos civis, da Guerra do Vietnã e das mudanças sociais pelas quais os EUA (e o mundo) passaram nas décadas de 1960 e 1970 . O filme também mostra como a vida familiar do mordomo foi impactada por seu trabalho. Whitaker foi indicado ao SAG Award como Melhor Ator por este papel, no qual dá tudo de si e encarna as transformações do envelhecimento.

2 – Bird (1988)

A cinebiografia de Clint Eastwood Bird foi o primeiro papel principal de Forest Whitaker em um filme. Ele interpreta, é claro, o lendário saxofonista Charlie “Bird” Parker. Whitaker tinha apenas 27 anos quando atuou em Bird de forma brilhante.  Para se preparar para o papel, Whitaker se mudou para um apartamento que continha apenas uma cama, um sofá e um saxofone, fazendo uma extensa pesquisa sobre Parker e também tendo aulas de saxofone. Os críticos chamaram sua performance de “transcendente”. Whitaker foi indicado ao prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema de Cannes em 1988, e também recebeu uma indicação ao Globo de Ouro por sua atuação.

1 –  O Último Rei da Escócia (2006)

Em “O Último Rei da Escócia”, Forest Whitaker teve seu maior e mais bem-sucedido papel até hoje como o brutal ditador de Uganda Idi Amin Dada. O filme se concentra no período em que um avião sequestrado cheio de cidadãos, principalmente israelenses, aterrissa em Uganda. Terroristas de seu regime levaram os passageiros como reféns até Israel, e lançaram uma missão secreta para resgatá-los. Enquanto Whitaker muitas vezes interpreta personagens gentis com um alto código moral, neste filme, seu personagem era o oposto, e ele foi para lugares profundos e sombrios para atuar como ditador. Whitaker ganhou o Oscar, Globo de Ouro, BAFTA, SAG e muitos outros prêmios da crítica por sua interpretação.