Ultimamente, tenho pensando sobre a experiência multitarefas no Android e acho que há muito ainda a melhorar. Eu adoro como os thumbnails aparecem, mas no 4.2.2, o app que você está usando no momento também se junta à lista de Aplicativos Recentes. Isto fica muito bom em smartphones e tablets pequenos, mas fica esquisito em tablets grandes (o Nexus 10, por exemplo) em modo paisagem. Aqui vão algumas ideias para deixar isso melhor.

É assim que o multitasking do Android fica hoje:

androidmultitask1

Para abrir qualquer app, eu preciso levar minha mão até metade da tela. Isso não chega a ser um grande problema, é uma daquelas pequenas irritações que aparecem quando você usa um tablet na maior parte do dia. Eu gosto como o Android está lentamente aperfeiçoando o multitarefas, mas eu gostaria de dar um pitaco nessa questão.

Eis como eu acho que o multitasking do Android deveria ser:

androidmultitask2

Este é um mock-up rápido e longe de estar perfeito, mas acho que ele mostra o que eu imagino.

Note que meus aplicativos recentes estão alinhados logo acima do botão do multitarefas, o que me permite trocar rapidamente de app. Outra coisa a se perceber é o thumbnail gigante — é o app que está sendo rodado no momento. Isto me dá um alvo maior para voltar para ele caso eu tenha apertado o botão acidentalmente ou esteja apenas checando quais aplicativos eu abri.

Além disso, antes do 4.2.2, o app que está aberto pausa. Bem, as atividades pausam; se você tem um serviço, o usuário entende que o app “continua rodando”. Entretanto, muitos não continuam “rodando” de verdade. Isso pode ser frustrante, especialmente num caso como o do YouTube, que recomeça o buffer do vídeo a cada vez que você volta para o app a partir da tela de multitarefas. Eu não posso mostrar isso na imagem, mas para mim, o aplicativo não deveria parar, mas sim continuar rodando do mesmo jeito que estava antes de eu apertar o botão, mas apenas numa escala visual menor. Esta interface pode dar conta disso de uma maneira excelente.

Agora, vamos falar de organização. Eu adoraria poder mudar os aplicativos de lugar. E se eu pudesse arrastar os apps para outro lugar da fileira usando dois dedos? Apenas coloque dois dedos num thumbnail e troque-o de lugar com os outros, para melhorar a sequência.

Melhor ainda: e se eu pudesse arrastar com dois dedos um thumbnail para perto do app que está aberto e conseguisse rodar os dois lado a lado? Ok, estou indo longe demais com essa. Mas, veja, estou tentando pensar no futuro.

Tentarei aperfeiçoar isso e ver o que mais posso fazer. Eu gosto de como muitas coisas podem ser melhoradas com pequenas mudanças no modo com que são mostradas numa tela. Quem sabe o que o Google tem na manga para as próximas versões do Android? Torço para que estejam pensando na interface do multitarefas.


Anuj Ahooja é engenheiro de software, atualmente focado em desenvolvimento e design para Android. Você pode encontrá-lo no Twitter, no Google+ e no Medium.