O iOS 15 foi oficialmente lançado e embora traga muitos novos recursos interessantes, há também uma mudança que não agradou tanto: a nova barra de pesquisa do Safari.

No iOS 15, a Apple redesenhou o Safari e a barra de endereço saiu da parte superior da tela para a inferior. Segundo a empresa, essa mudança veio com o objetivo de melhorar a barra de pesquisa para que ela não se desloque mais como fazia nas primeiras versões beta do iOS 15.

Ficou péssimo. Mas ao menos é possível de forma prática e rápida muda-lá de lugar e recoloca-lá na parte superior da tela.

Entenda como

Após atualizar para o iOS 15, abra o aplicativo Safari no seu telefone. No canto inferior esquerdo, você verá o ícone “aA” na barra de pesquisa. Toque nele e selecione mostrar barra de endereços superior, e assim ela muda de lugar.

Mas se você acabar gostando da barra na parte inferior é só fazer o mesmo processo, toque no ícone “aA” e refaça a mudança, é bem simples.

Também é possível fazer essa e algumas outras alterações pelo menu de configuração do aparelho. Já nos ajustes, role a tela para baixo até encontrar o item Safari, depois selecione a opção guia única. Ao fazer isso, você também pode controlar alguns outros novos recursos do Safari. Por exemplo, é possível alternar a configuração da barra de guias de paisagem.

Desativando esse item, a barra de pesquisa desaparecerá sempre que você visualizar o Safari no modo paisagem. Tem também a configuração permitir tonalidade do site, que altera as cores da barra de pesquisa para combinar com a página que você está visitando.

A Apple apresentou pela primeira vez a capacidade de voltar ao design original do Safari que todos conhecem com o sexto iOS 15 beta.

A mudança veio após algumas reclamações de usuários beta em relação à barra de pesquisa do pingue-pongue. Foi uma mudança rara da empresa, que geralmente não muda de método quando se trata de modificações de design executivo — mesmo que sejam extremamente impopulares.

Assine a newsletter do Gizmodo

Um exemplo disso são os inesquecíveis MacBook Butterfly — só quem já quis jogar o teclado longe vai lembrar, então dado o histórico, é valido não reclamar que a Apple está dando aos usuários, mais controle sobre a personalização de aplicativos — pelo menos.

Esperamos que a empresa continue ouvindo os comentários e oferecendo mais opções aos clientes no futuro.