Devo dizer que, apesar de lisonjeado pelo convite de expressar em algumas palavras sobre o início do Gizmodo no Brasil, tive receio em falar da minha experiência, pois posso soar vaidoso. Portanto, de cara, para tirar isso da frente, já digo que, apesar de ter dado o pontapé inicial, juntado as muitas pessoas e talentos necessários e botado o Giz no ar, o meu mérito é uma fração muito pequena frente aos que trabalham ativamente na manutenção e dia a dia, criando, desenvolvendo e compartilhando….

O mérito do Giz e destes 10 anos é de vocês que depositam sua energia e parte de suas vidas com o objetivo de trazer este conteúdo tão maravilhoso e nos abastecer com as informações que tanto gostamos! Thank you, guys!



Quando o Gizmodo chegou ao Brasil, o iPhone ainda não era nem 3G
Giz 10 anos: relembrando o início do blog no Brasil
Uau, Giz! Dez anos já? – por Adriano Silva

O Gizmodo começou, como muitas startups, dentro de um quarto em meu apê. (Sim, aquela mesma história que você já ouviu centenas de vezes…) Mas calma! Vou contar resumidamente, sei que você não tem tempo para isso!

Iniciei contato com a Gawker, editora mãe do Giz nos EUA, sendo que a ideia era trazer ao Brasil uma mídia nova, moderna e “democrática”. Naquele tempo as grandes editoras sequer abriam espaço para comentários após o post, era aquilo que estava escrito e ponto!

O Giz nos EUA já mostrava como seria a tendência das coisas… A web já dava claros indícios de território social, aberto e que a verdade não seria oculta quando conveniente.

Hoje isto é claro como água, os Gizmoreaders são pessoas inteligentes que não levam Fake News para casa. A chegada do Gizmodo ao Brasil é um marco, talvez por ser o primeiro case de sucesso comercial de um site/blog/mídia não tradicional a fazer tanto impacto nas grandes agências e anunciantes. Talvez pelo enorme acesso, uma grande quantidade de pessoas se sente confortável em comentar, discutir e enriquecer os assuntos postados. Assistimos ao nascimento de uma nova mídia, uma mídia social! Construímos e eles, os leitores, vieram! Que experiência fantástica!

Por fim, a vocês, eu diria para correr atrás dos seus sonhos com unhas e dentes. Estamos assistindo a tempos de enormes mudanças, a tecnologia impactando em todos os setores da vida humana. Há hoje uma quebra nos modelos tradicionais de carreira, formação acadêmica e do que se pode considerar sucesso profissional. Que naveguemos juntos nas sendas destas novas oportunidades!

Que o Gizmodo para sempre faça parte da nossa leitura diária, em nossos apps, web e corações!

Alan Del Arco Paschoal é o cara que trouxe o Gizmodo para o Brasil. Com a cara, a coragem e o conhecimento que tinha do site, pegou um vôo para Nova York, visitou a Gawker Media e voltou pra casa com o contrato de licenciamento. Obrigado, Alan!