A Microsoft anunciou nesta semana que os usuários do Windows 11 beta podem experimentar aplicativos Android em seus PCs. Mas, curiosamente, existem apenas 50 aplicativos disponíveis.

Por enquanto, o recurso só está liberado para Windows Insiders dos EUA. Quando estiver disponível para o público geral, vai exigir que usuários tenham um processador Intel, AMD ou Qualcomm e uma conta ativa da Amazon. Estranho? Isso acontece porque a Microsoft Store não hospeda os aplicativos e, em vez disso, a vincula à Amazon Appstore para baixá-los. 

Como no Chrome OS, os aplicativos Android podem ser executados simultaneamente com os aplicativos do Windows 11 nos vários modos de layout da plataforma. Você pode até fixá-los no menu Iniciar ou na barra de tarefas.

Os aplicativos Android oferecerão notificações push no Action Center, semelhante à forma como o aplicativo Your Phone, que sincroniza entre o telefone Android e o PC, coleta alertas junto com os aplicativos do Windows. A Microsoft também habilitou a capacidade de compartilhar sua área de transferência entre aplicativos, o que deve ajudar a fazer com que essa integração seja perfeita.

Uma vez que acabou de entrar na fase de testes, os aplicativos disponíveis para experimentar são muito limitados — uma mera pitada de uma fração dos 600 mil aplicativos Android oferecidos na Amazon Appstore, e apenas uma migalha em comparação com os 3 milhões de aplicativos do Google Play. 

“Fizemos uma parceria com a Amazon e desenvolvedores de aplicativos populares para selecionar 50 aplicativos para Windows Insiders testarem e validarem em um amplo conjunto de hardware”, disse a Microsoft em seu anúncio, acrescentando que continuará a promover novos aplicativos nos próximos meses. Alguns dos títulos de aplicativos disponíveis incluem jogos como Lords Mobile e June’s Journey, aplicativos de leitura como Kindle e Comics — ambos de propriedade e operados pela Amazon — e conteúdo infantil como Khan Academy Kids e Lego Duplo World.

Assine a newsletter do Gizmodo

A Microsoft só habilitará aplicativos Android na versão Beta do Windows 11. Ela planeja trazer acesso de pré-visualização ao recurso para seus canais de desenvolvedor “no futuro”. Quanto a quando a capacidade chegará aos demais usuários do Windows 11, bem, teremos apenas que esperar para ver.