Há pouco mais que cinco anos, fiquei bravo com uma informação falsa e decidi fazer algo a respeito. Estava lendo uma receita no New York Times que dizia, assim como muitas outras que eu já tinha lido antes, que levaria cerca de 10 minutos de preparo para caramelizar cebolas.

• O selo de verificação de fatos do Google é bem sutil e um pouco confuso
• O Google está eliminando muitos daqueles projetos malucos

Eu sabia pela minha experiência pessoal que isso era mentira. As receitas sempre dizem que são necessários cinco ou dez minutos para caramelizar cebolas, e, quando você segue as instruções, ou acaba com as cebolas cruas ou termina o prato com 40 minutos de atraso. Eu caramelizei algumas cebolas e registrei quanto tempo realmente levou – 28 minutos cozinhando-as no fogo mais alto e mexendo constantemente, 45 minutos sendo sensato na cozinha – e publiquei os resultados do meu experimento no Slate, junto com uma denúncia ao padrão falso dos cinco ou dez minutos.

Deve ter sido o trabalho jornalístico mais útil que já fiz. Depois que a publicação foi feita, ouvi de diversos leitores que eles pensaram que eram cozinheiros incompetentes, porque acreditaram no que as receitas diziam. O New York Times passou a publicar o tempo correto e inclusive citou o artigo do Slate. O trabalho entrou na página de caramelização da Wikipédia por um tempo, até que alguém o removeu porque eu “não sou um chef treinado” (e porque alguém tentou refutar a prova utilizando um fogão de alta potência de restaurante). Anos depois disso, as pessoas continuam me dizendo que ler a verdade fez diferença na vida delas.

Quando eu vi as notícias de que a caixa de resultados de pesquisa do Google tem mostrado informações falsas para as pessoas por meio do seu algoritmo que exibe respostas direto na página da busca, lembrei das cebolas. Se o Google não consegue saber se Barack Obama está planejando um golpe, ou se glutamato monossódico é letal, será que ele sabe a verdade sobre caramelizar cebolas?

Eu digitei “quanto tempo demora para caramelizar cebolas” no Chrome. A resposta foi pior do que eu poderia imaginar:

quanto-tempo-caramelizar-cebolas

O Google não apenas diz aos seus usuários que caramelizar cebolas leva “cerca de cinco minutos” – ele puxa a informação de um artigo cujo objetivo é dizer para as pessoas exatamente o contrário. Um bloco do texto do Times que eu publiquei como uma citação, para ilustrar que se tratava de uma mentira, foi extraído pelo algoritmo como a verdade oficial para o tema.

Cinco anos depois que eu pensei ter enterrado uma inverdade sobre cozimento de cebolas, o Google a desenterrou e está espalhando a informação errada. Na verdade, a mentira ficou ainda pior, porque a análise de texto automática do Google é muito burra para reconhecer que “cerca de cinco minutos” seguido de “cerca de mais cinco minutos” significa dez minutos.

Não tente caramelizar cebolas em cinco minutos. E não ouça o Google.

Imagem do topo: WDnetStudio/Pixabay