Já sabíamos que o AMD Fusion, híbrido de GPU e CPU, estava pra chegar, mas agora sabemos exatamente o que esperar destes pequenos chips: vídeo (mais) limpo, menor consumo de energia, e o tamanho de uma unha.

A família Fusion de chips vai (tentar) se livrar dos muitos componentes espalhados pela sua placa-mãe, colocando um northbridge, um CPU multinúcleo e uma GPU compatível com DirectX 11 em um só circuito: um APU, ou unidade de processamento acelerada.



A linha Fusion está dividida em três modelos: a C-Series para netbooks, ultraportáteis e (gasp!) tablets; a E-Series, para notebooks de baixa potência e desktops all-in-one; e a A-Series, com CPU quad-core e desempenho mais forte, para notebooks e desktops mais potentes.

O desempenho do vídeo deve ser mais um destaque desses pequenos APUs, com aceleração por hardware embutida para processamento mais limpo e suave de vídeos em HD. A AMD está claramente olhando para o mundo de vídeos pessoais e na internet, e vendo um monte de pixels bagunçados que ela pode arrumar. Os chips E e C Series, menos potentes, parecem que têm muito a entregar: eles tiveram desempenho 35% e 92% melhor em vídeo em HTML5, respectivamente, em relação a alternativas semelhantes da Intel. O desempenho em jogos também deve ter um bom ganho, por causa do chip gráfico de calibre discreto embutido no APU, mas eles divulgam apenas os resultados do benchmark 3DMark ’06 – precisaremos ver como é o desempenho no mundo real.

A AMD diz garantir uma duração de bateria de até 8 horas em todos os chips (com o computador ocioso), e a C-Series terá até 12 horas de bateria. Como sempre, os valores no mundo real devem ser menores, mas a eficiência no consumo de energia com certeza aumentou, graças a esta arquitetura compacta.

Estamos ansiosos para ver o que as fabricantes vão fazer com esta nova linha de chips, e empresas como Lenovo e HP já colocaram o Fusion em seus netbooks. Espaços pequenos geralmente significam componentes ruins e pouco potentes, mas reunindo bons componentes em pouco espaço (finalmente!) pode tornar vários dispositivos menos ruins de se usar.

A linha de placas de vídeo portáteis da nova geração, a Radeon 6000M Series, também foi divulgada. As placas compatíveis com DirectX 11 estará presente em vários dispositivos, desde ultraportáteis até gaming laptops que arrasam baterias. Assim como a linha Fusion, a 6000M Series terá melhor desempenho de mídia, com foco no processamento de vídeo em HD, além de suporte para software com aceleração gráfica por hardware, como o Photoshop e o Internet Explorer 9. E, claro, não seria 2011 sem falarem de 3D: a AMD colocou suporte integrado a óculos 3D estereoscópicos em seus produtos.

Press release:

SUNNYVALE, Calif. – Embargo until Jan. 4, 2011 – AMD today announced broad support for the AMD Fusion Family of Accelerated Processing Units (APUs) from the software and hardware ecosystem community. Working closely with software vendors, developers and motherboard suppliers, AMD has built a coalition of industry innovators committed to providing devices and applications that leverage the combined x86 computing power and discrete-level graphics performance of AMD Fusion APUs. “AMD and its partners are leading the way to a new era of computing distinguished by immersive entertainment, outstanding Internet browsing and fast, efficient processing of digital workloads,” said John Taylor, director, AMD Client and Software Product Marketing. “The creation of a robust x86- and GPU computing-based ecosystem to enable these next-generation experiences is the culmination of long-standing collaboration with developers, software and tools vendors, and component suppliers, as well as technology investments made possible by the AMD Fusion Fund.” Next-Generation Applications To access the uniquely powerful and efficient capabilities of the APU architecture, AMD collaborates with a variety of middleware and tools providers to offer software development kits that facilitate the use of industry-standard application programming interfaces (APIs) such as OpenCL™, OpenGL™, Direct2D and DirectCompute. AMD further supports the optimization of software for AMD Fusion APUs with AMD Accelerated Parallel Processing (APP) technology, which helps developers more easily tap into the combined power of the GPU and CPU to accelerate existing applications and create new possibilities in software. Dozens of innovative companies will be demonstrating amazing computing experiences enabled by AMD technology including AMD Fusion APUs at the Consumer Electronics Show (CES) this week in the Wired showcase sponsored by AMD (Grand Lobby, GL8), as well as in the AMD Technology Showcase. A variety of applications that span multimedia, gaming, productivity, web browsing, facial recognition, video conferencing and more will be on display from leading software suppliers, including: Adobe ArcSoft Codemasters Corel CyberLink DivX EA / BioWare Firaxis Gazillion Microsoft Nuvixa Earthsim Roxio Sega Turbine Viewdle Vivu AMD motherboard partners are also innovating around the launch of the first AMD Fusion APUs, as leading original design manufacturers (ODMs), including ASUS, Gigabyte, MSI and Sapphire, have announced integrated APU/motherboard products for the first PC platforms featuring AMD Fusion APUs.