Mais uma gigante da tecnologia parece ter intenções de apostar pesado em realidade aumentada. Uma vaga de emprego divulgada pela Amazon dá sinais de que a empresa está trabalhando em algum projeto sigiloso envolvendo a tecnologia.

A especulação começou após uma matéria do site Protocol notar dois anúncios da vagas de emprego, digamos, sugestivos. Em um deles, a empresa busca um engenheiro de software especialista em realidade aumentada/estendida para desenvolver a arquitetura de um novo produto.

No outro, a Amazon quer um gerente técnico para realidade estendida. O descritivo da vaga diz que o profissional contratado vai desenvolver um conceito de pesquisa para um novo produto “mágico e útil” — duas palavras bastante usadas quando o assunto é realidade virtual.

Não há mais detalhes sobre qual pode ser o projeto em si. A única pista são essas vagas para engenheiro de software e gerente técnico. Muito pouco para cravar qualquer coisa, é verdade. Mas já são o suficiente para sinalizar um interesse forte na área.

Os dois anúncios destacam as seguintes qualificações: “experiência na criação de produtos técnicos, por exemplo, inteligência artificial e machine learning, robótica, jogos”. Tudo isso ajuda a deixar claro as intenções da Amazon.

Até o momento, a empresa não comentou o vazamento, seja para confirmar ou negar.

Vale lembrar que outras grandes gigantes da tecnologia, como Google, Meta, Apple e Microsoft já estão inseridas — ou com projetos em desenvolvimento — no universo de realidade aumentada. O bonde do Metaverso não para de crescer.