O novo iPad Pro de 12,9 polegadas está sendo posicionado como um dispositivo de computação de nível profissional, com recursos como o chip M1, a tela Liquid Retina XDR superbrilhante e a ampla gama de cores P3, que provavelmente tornarão o tablet uma opção atraente para filmes fabricantes. Mas, sem o Final Cut Pro para iPad disponível (ainda), qual é o melhor aplicativo de edição de vídeo para o aparelho? Aqui estão algumas alternativas.

1. Adobe Premiere Rush

Captura de tela: Adobe Premiere Rush.

O Adobe Premiere Rush (gratuito ou a partir de R$43,00/mês) é simples e intuitivo, o que surpreendente por ser um aplicativo Adobe. Ele faz um trabalho bem interessante de trazer uma versão resumida do aplicativo principal Premiere Pro, incluindo suas partes mais essenciais, mesmo que e edição precisa e controles de personalização tenham sido um pouco comprometidos ao longo do caminho.

A interface simples de arrastar e soltar torna muito fácil mover vídeos, fotos e áudio para a posição desejada, e os clipes podem ser rapidamente cortados, recortados e girados conforme necessário. A maioria dos títulos, gráficos, transições e efeitos de áudio requerem uma assinatura mensal, mas você pode experimentar o aplicativo gratuitamente para ver se combina com você antes de investir algum dinheiro.

2. LumaFusion

Captura de tela: LumaFusion.

O LumaFusion (R$ 169,90) custa uma quantia significativa no início, com a opção de compra dentro do app sob este valor, mas talvez seja o melhor aplicativo para obter uma interface de edição de vídeo semelhante a um app de desktop no seu iPad. Você pode acrescentar no máximo 12 trilhas de áudio e vídeo, acessar títulos e transições avançadas e deixar sua filmagem exatamente como deseja.

De proporções a taxas de quadros, você obtém controle total sobre todos os aspectos de seus projetos. Tem também suporte para sequenciamento em câmera lenta e rápida, monitores externos e resoluções de 4K, sendo estes os principais recursos que os usuários avançados precisarão. Também existe uma interface de início rápido para ajudar os iniciantes a se familiarizarem com o software.

3. iMovie

Captura de tela: iMovie.

O iMovie (gratuito) claramente não vai competir com os aplicativos de edição de vídeo mais poderosos desta lista, mas tem o suficiente para manter os cineastas casuais felizes. Se você deseja reunir rapidamente algumas fotos e clipes de vídeo e obter um produto acabado o mais rápido possível, a interface mais direta pode ser uma vantagem.

Assine a newsletter do Gizmodo

Ele tem suporte básico para cortar e combinar clipes, e você pode adicionar títulos e música de fundo, bem como uma variedade de filtros e efeitos — você simplesmente não tem muitas opções sobre o que pode ser adicionado e como é personalizado. Como o iMovie está disponível gratuitamente, certamente vale a pena começar aqui para ver se ele tem todas as funcionalidades de que você precisa.

4. Quik

Captura de tela: Quik.

O Quik (gratuito ou a partir de R$ 27/mês) é desenvolvido pela GoPro e, como o nome sugere, a ênfase está em fazer com que algo seja carregado e compartilhado rapidamente usando uma interface que atende principalmente o básico. É o editor de vídeo perfeito se você deseja adicionar um toque profissional às suas filmagens sem realmente ter que trabalhar muito.

O aplicativo pode montar uma seleção automática de cortes e música se você disser quais fotos e vídeos deseja incluir, ou você pode adotar uma abordagem mais prática e escolher elementos como filtros e áudio você mesmo. Não há muitos recursos avançados aqui, mas você pode acelerar e desacelerar segmentos de sua filmagem para criar uma variedade de efeitos.

5. Filmmaker Pro

Captura de tela: Filmmaker Pro.

O Filmmaker Pro (gratuito ou a partir de R$ 37/mês), vai desde o básico, como corte de cenas, até recursos mais avançados, como suporte ao efeito chroma key (vídeos em camadas um sobre o outro usando técnicas de tela verde). Se você deseja algo que seja fácil de começar, mas que possa crescer de acordo com as suas necessidades, então este pode ser o aplicativo para você.

O app tem dezenas de transições e filtros para escolher e aprimorar seus projetos de filme, e também há suporte para efeitos de imagens com vários tipos de ajustes de gradação de vídeo. É um dos melhores aplicativos de edição de vídeo que existe em termos de quantos recursos você obtém, e todos eles são habilmente otimizados para serem usados em uma interface de tela sensível ao toque.

6. KineMaster

Captura de tela: KineMaster.

O KineMaster (gratuito ou a partir de R$ 18/mês), tenta tornar a edição de vídeo o mais divertida possível — e quase sempre consegue. Este é um aplicativo para testar se você realmente deseja que seus clipes se destaquem nas redes sociais, ao invés de algo para usar em seu próximo curta-metragem sério. Dito isso, ele possui alguns recursos avançados, como suporte para edição de várias camadas e faixas.

Assine a newsletter do Gizmodo

A interface não é a mais sutil ou elegante que você já viu, mas gostamos da maneira como ela mantém todas as ferramentas principais de que você precisa ao seu alcance. Você pode acelerar e desacelerar a filmagem, cortar e reorganizar as cenas em seu projeto, ajustar os níveis de volume, aprimorar fotos e vídeos de várias maneiras e muito mais.

7. PowerDirector

Captura de tela: PowerDirector.

O PowerDirector (gratuito ou a partir de R$ 32/mês) é um dos editores de vídeo mais populares na App Store e não é difícil perceber o porquê. Ele consegue combinar ferramentas avançadas com uma interface limpa e acessível, por isso é adequado para uma ampla gama de projetos de vídeo, seja um trabalho rápido combinando alguns clipes ou um filme mais sofisticado e mais longo.

Existem modelos de vídeo que você pode usar para suas introduções, uma vez que você encontra diversos títulos, sobreposições e transições para escolher e ajustar. Além disso, também é possível exportar projetos em resolução 4K. O aplicativo também oferece chroma key (tela verde) e recursos avançados de edição de áudio, se você realmente quiser levar seus vídeos para o próximo nível.