Aplicativo do Bing, de graça, para iPad. O Bing finalmente chegou ao tablet da Apple, e ao invés de só focar em buscas, o app é um portal bacana para tudo que envolve o sistema: busca, claro, mas também notícias, metereologia, mapas, filmes, dicas e coisas do tipo. E ele é muito bonito! Transições rápidas materializam os menus, em vez de simplesmente surgirem em bloco; os títulos dos menus são atualizados dinamicamente no painel da home; e as imagens e vídeos surgem o tempo todo em sua tela. Num sentido bom, claro. Todo o conteúdo é conectado com uma navegação simples e intuitiva por meio de uma barra deslizável e onipresente no topo do aplicativo, tudo isso para criar uma experiência muito mais unificada (e bonita) do que as soluções do Google para iPad.

Para quem é?

Para aqueles que querem ver o que a Microsoft anda pensando em termos de interface de usuário para tablets; usuários de Bing; fanáticos pelas buscas do Google mas que têm a curiosidade de ver o que o Bing oferece.


Por que é melhor que os similares?

Apesar de o Bing ser destinado a ser o segundo colocado no mundo das buscas, ele não deixa de ser um formidável portal, e o estilo visualmente rico de seu site foi traduzido de forma muito bonita para o iPad. E enquanto os serviços do Google surgem em apps específicos e separados, o Bing decidiu oferecer tudo em um só lugar. O que é uma vantagem em vários sentidos: é possível passar fluidamente de resultados de buscas para imagens, vídeos, notícias e resultados mais populares. Não há muitos competidores que cobrem a mesma área — oferecer busca própria, além de busca por tendências, agregador de notícias, mapas etc. — e nenhum que tenta fazer isso é tão bom (e gratuito) quanto o Bing.

Como poderia ser melhor?

Bem, o Bing parece um pouco atrasado no jogo dos apps — você provavelmente já tem seus próprios aplicativos no iPad para buscas, notícias, mapas e afins, e há uma grande chance de não sobrar espaço para um aplicativo que faça tudo de uma vez contra tantos apps especializados e consolidados.