Os usuários de iPhone estão mais dispostos a pagar por aplicativos do que usuários de Android? Ou os desenvolvedores de Android estão mais interessados em oferecer de graça seus apps?

Há algo de estranho acontecendo com essas duas lojas de aplicativos que têm cenários completamente diferentes, de acordo com a Royal Pingdom. A Pingdom fez um estudo com a App Store e com o Android Market e descobriu que apenas 30% dos aplicativos na loja da Apple são gratuitos, enquanto no Android Market o número salta para 65%.

Por que tamanha disparidade? A Pingdom especula que talvez a maioria dos desenvolvedores da plataforma do Google fazem isso apenas por hobby ou que preferem colocá-lo gratuitamente no Android do que passar pela complexa malha de aprovação da Apple. Há outro fator muito importante: o Google só tem suporte à aplicativos pagos em 13 países – e nós não estamos inclusos no pacote.

É muito mais fácil instalar softwares não oficiais no Android do que nos iPhones também. Isso pode derrubar a venda de aplicativos pagos.

Ou talvez seja algo cultural? O Google oferece o Android para qualquer um. A Apple não faz o mesmo.