A Apple encerrou sua keynote desta terça-feira (13) com o anúncio dos iPhones 12 Pro e 12 Pro Max. São os modelos mais avançados da nova geração de smartphones da empresa, trazendo tudo que vimos nos também recém-anunciados iPhones 12 e 12 mini, mas com algumas novidades extras. Isso inclui o design mais quadrado nas laterais – o mesmo do iPhone 4 – e um scanner LiDAR na parte traseira.

iPhone 12 Pro

Começando pelo visual dos aparelhos, os modelos da linha Pro possuem carcaça de aço inoxidável e vidro fosco na traseira, disponível nas cores prateado, grafite, dourado e “azul pacífico” (que substituiu o “verde meia-noite” do iPhone 11 Pro do ano passado). É a primeira grande mudança no design dos celulares desde 2017 com o iPhone X, que tinha as bordas bem mais arredondadas.

Eles também estão maiores: enquanto o iPhone 12 Pro vem com uma tela de 6,1 polegadas, o Pro traz um painel enorme de 6,7 polegadas, contra 5,8 e 6,5 polegadas dos iPhones 11 Pro e 11 Pro Max de 2019, respectivamente. Ambos possuem um painel que a Apple chama de Super Retina XDR OLED e possuem a tecnologia “Ceramic Shield”, que a Apple afirma trazer mais proteção e resistência, evitando rachaduras caso o aparelho seja derrubado. E os dois oferecem certificação IP68 contra poeira e água, podendo alcançar até seis metros de profundidade.

iPhone 12 Pro

No quesito processador, os iPhones 12 Pro rodam o novo A14 Bionic, introduzido recentemente na nova versão do iPad Air, anunciada no mês passado. É o primeiro chip da Apple baseado em 5 nm, em vez do A13 Bionic de 7 nm de 2019.

O novo processador chega para aguentar o tranco do 5G, e os modelos Pro deste ano também são compatíveis com as novas redes. As versões vendidas nos Estados Unidos terão suporte às frequências sub-6GHz e mmWave – esta última exclusiva nos EUA -, e a Apple garante que os iPhones 5G funcionarão na maioria das operadoras pelo mundo, em diferentes padrões da tecnologia.

iPhone 12 Pro

O sensor LiDAR é esse círculo escuro bem abaixo da câmera ultra-angular à direta, e ao lado do microfone.

O A14 Bionic também tem um papel fundamental em outro componente: a câmera fotográfica. Melhor dizendo, as câmeras, já que o iPhone 12 Pro mantém três sensores de 12 MP cada na parte traseira, sendo uma lente teleobjetiva, grande-angular e ultra-angular. E aqui temos uma característica que pela primeira vez diferencia os modelos Pro além do tamanho da tela: o iPhone 12 Pro vem com zoom de até 4x na lente teleobjetiva. O 12 Pro Max, por sua vez, tem zoom óptico de até 5x no mesmo sensor e estabilização óptica específica no sensor, e não na lente.

Outra função exclusiva nos dois modelos de iPhone 12 Pro é o chamado Apple ProRAW. Com previsão de lançamento para o fim deste ano, o recurso é acessado pelo aplicativo da câmera e estará nos quatro sensores, combinando elementos de fotografia computacional (Deep Fusion, Smart HDR) dos iPhones com o formato RAW. Você terá a opção de fazer edições tanto pelo editor de imagens do iPhone quanto por apps de foto profissionais.

iPhone 12 Pro

Não vamos esquecer do agora confirmado sensor LIDAR, semelhante ao que está presente no iPad Pro. Trata-se de um scanner usado especificamente para aplicações em realidade aumentada. No entanto, a Apple destaca que ele vai permitir um autofoco mais rápido nas câmeras, o que, na prática, possibilitará capturas até seis vezes mais rápido em ambientes com baixa iluminação. Será pelo LIDAR que os iPhones 12 Pro poderão registrar fotos no Modo Retrato com o Modo Noite ativado.

Os novos iPhones da linha Pro são compatíveis com HDR, seja em foto ou vídeo. Aliás, as gravações agora capturam em HDR 10-bit e Dolby Vision HDR, em resolução máxima de 4K a 60 quadros por segundo.

iPhone 12 Pro

Estes são os preços dos iPhones 12 e 12 Pro Max nos EUA e a conversão direta em reais, sem impostos:

  • iPhone 12 Pro (128 GB) – US$ 999 (R$ 5.570)
  • iPhone 12 Pro (256 GB) – US$ 1,099 (R$ 6.120)
  • iPhone 12 Pro (512 GB) – US$ 1,299 (R$ 7.240)
  • iPhone 12 Pro Max (128 GB) – US$ 1,099 (R$ 6.120)
  • iPhone 12 Pro Max (256 GB) – US$ 1,199 (R$ 6.680)
  • iPhone 12 Pro Max (512 GB) – US$ 1,399 (R$ 7.790)

Lembrando que ambos os modelos serão compatíveis com o carregador wireless MagSage, também anunciado pela Apple nesta terça-feira (13). Além disso, eles não virão com o adaptador de tomada, nem com os fones de ouvido EarPod. Só virá incluso o cabo USB-C para Lightning (sim, os smartphones ainda possuem esse padrão de conector).

O iPhone 12 Pro entra em pré-venda já nesta sexta-feira (16) e começa a ser entregue uma semana depois, em 23 de outubro. Já o iPhone 12 Pro Max terá a pré-venda iniciada em 6 de novembro, e o envio na semana seguinte, em 13 de novembro. Ainda não há previsão de lançamento, nem preços confirmados para o Brasil.