Apple e Qualcomm travam uma batalha judicial desde 2017 em alguns países, com acusações de infrações de patentes em iPhones. Recentemente, a Qualcomm conseguiu decisões favoráveis na China e Alemanha, onde alguns modelos de celulares tiveram a venda proibida.

Para contornar a restrição, a Apple anunciou nesta quinta-feira (14) que irá vender modelos modificados dos iPhones 7 e 8 na Alemanha. De acordo com a empresa, “não havia escolha” senão substituir os chips de modem da Intel por chips da Qualcomm para que as vendas retornassem no país.

“A Qualcomm está tentando usar liminares contra nossos produtos para tentar fazer com que a Apple sucumba às suas demandas extorsivas. Em muitos casos, eles estão usando patentes que compraram ou que não têm nada a ver com sua tecnologia para assediar a Apple e outros players da indústria”, disse um porta-voz da Apple, de acordo com o MacRumors.

“Para garantir que todos os modelos de iPhone possam estar novamente disponíveis para os clientes na Alemanha, não temos escolha a não ser parar de usar chips da Intel e utilizar chips da Qualcomm no país. A Qualcomm está trabalhando para eliminar a concorrência por todos os meios possíveis, prejudicando os consumidores e, com isso, sufocando a inovação da indústria”, completou.

A decisão judicial dizia que a Apple infringiu patentes da Qualcomm relacionadas à economia de energia dos smartphones. Os telefones alvos da ação são os que contam com chips Intel e peças de um outro fornecedor chamado Qorvo. O processo descreve que os aparelhos da Apple violam uma patente da Qualcomm que ajuda aparelhos a economizar bateria enquanto enviam e recebem sinais sem fio. Em pelo menos um tribunal alemão, a ação foi rejeitada.

Na China, a Qualcomm conseguiu uma vitória parcial ao proibir a venda de iPhones do 6s ao X. Para resolver o problema, a Apple soltou uma atualização de software e continuou suas vendas.

Em janeiro de 2018, a Qualcomm foi multada em US$ 1,2 bi na União Europeia em uma medida antitruste. A companhia pagou a Apple para usar seus chips em iPhones.