Recentemente, ouvimos rumores de que a Apple estaria considerando vender o próximo iPhone sem fones de ouvido e sem adaptador de tomada, o que deixou algumas pessoas bem revoltadas nas redes sociais. Aparentemente, a empresa está tentando entender melhor o que os consumidores fazem com seus carregadores antigos.

O tuiteiro brasileiro Vinícius (@bedabb_) postou uma captura de tela de uma pesquisa da Apple após comprar um iPhone 11. A empresa questionou a ele: “O que você fez com o Adaptador USB que veio na caixa com o iPhone 7 Plus que você substituiu? O Adaptador USB é usado para carregar o aparelho em uma tomada, e você conecta o adaptador a um iPhone com um cabo separado.”

As opções de resposta, em tradução livre, são: “dei para outro familiar ou amigo”, “reciclei”, “perdi ou não sei onde coloquei”, “não funciona mais ou não funciona direito”, “utilizo fora de casa (por exemplo: trabalho, escola, outros locais)”.

Até o momento, não se sabe ao certo se a Apple vai parar de incluir o carregador na caixa do iPhone, mas esta pesquisa parece dar pistas de que a companhia considera fazê-lo. Não incluir o carregador poderia fazer com que a Apple economizasse dinheiro, reduzisse a quantidade de lixo eletrônico e permitisse o envio de produtos com maior eficiência.

O adaptador atual mais potente da Apple, de 18 W, vem nos iPhone 11 Pro e iPad Pro e custa US$ 29 cada um no site da Apple americana. No Brasil, o adaptador custa R$ 219. Para o próximo iPhone, os rumores é que a Apple disponibilize um adaptador de 20 W.