A Apple pode reduzir a produção do recém-lançado iPhone 13 em 10 milhões de unidades devido à falta de chips. A expectativa da empresa, no começo de 2021, era fabricar pelo menos 90 milhões de unidades do novo iPhone no último trimestre.

Segundo um relatório da Bloomberg, a gigante da tecnologia está tendo problemas com a contínua escassez de chips. A cadeia de produção é supostamente incapaz de entregar o material necessário para remessas de novos smartphones.

O relatório diz que os principais fornecedores da Apple, incluindo companhias como Broadcom e Texas Instruments, estão com problemas para entregar as quantidades necessárias de componentes. Por isso, a Apple foi forçada a dizer a outras partes de sua linha de produção para também reduzir o ritmo.

Com esta possibilidade, os analistas consideram já que a falta de chips pode refletir numa queda das receitas da empresa neste trimestre — o trimestre do natal –, época em que as vendas dos smartphones crescem.

Analistas do Bank of America citados pela Bloomberg dizem que as vendas no trimestre que terminou em setembro podem superar as estimativas. No entanto, “os constrangimentos podem ter um impacto mais significativo no trimestre de dezembro, quando esperamos que a Apple tenha um resultado abaixo do consenso”.

Não é de hoje que a escassez de chips está prejudicando uma série de empresas globais. O problema, na verdade, acompanha a indústria de eletrônicos (e de automóveis, ou qualquer outro produto que conte com um chip de silício em sua composição) há mais de um ano.

Assine a newsletter do Gizmodo

Em julho, a Apple avisou os consumidores sobre a possibilidade de seus produtos de 2021 terem um “estoque limitado”.

Durante a divulgação do balanço financeiro do terceiro trimestre, Tim Cook, CEO da Apple, e Luca Maestri, diretor-executivo de finanças, explicaram que a falta de semicondutores poderia afetar a produção do iPhone 13 e dos novos iPads.

A Apple deve anunciar seu próximo relatório de lucros em 28 de outubro, onde dirá aos investidores como o iPhone 13 está se saindo no mercado — e, provavelmente, dará atualizações sobre a situação do fornecimento de chips.