A Apple começou a vender sua nova linha de iPhones na última sexta-feira, e quebrou mais um recorde: foram 13 milhões de iPhones 6S e 6S Plus em apenas três dias, contando com uma boa ajuda da China.

>>> iPhone 6s e iPhone 6s Plus: mais rápidos e com tela sensível à pressão

Este ano, a China esteve na primeira leva de países que recebeu os novos iPhones, ao contrário do ano passado – isso certamente ajudou a impulsionar os números. O CEO Tim Cook disse anteriormente que a Apple cresceu 75% no país em um ano, contra uma queda de 4% das concorrentes.

A demanda por iPhones na China é tão grande que há Apple Stores falsas tentando imitar o estilo das verdadeiras para vender produtos (reais ou xing-ling) da empresa. O iPhone 6S mais barato custa o equivalente a R$ 3.300 na Apple Store online chinesa.

Os novos iPhones também foram lançados nos EUA, Alemanha, Austrália, Canadá, França, Hong Kong, Japão, Nova Zelândia, Porto Rico, Reino Unido e Singapura.

O iPhone 6S e 6S Plus serão lançados em mais quarenta países a partir de 9 de outubro, e estarão em 130 países até o final do ano. Ainda não há informações sobre o lançamento no Brasil.

[Apple via The Verge]

Foto por TechStage/Flickr