A Fermi é uma nova arquitetura de GPU da Nvidia que será a base de futuras placas gráficas da empresa. Com 512 núcleos CUDA e três bilhões de transistores, será fácil detonar Crysis.

As placas da série GT300 devem ser os primeiros produtos a sair com a Fermi, que além dos 512 núcleos de processamento CUDA organizados em 16 multiprocessadores streaming de 32 núcleos cada, usa um novo sistema para memória GDDR5.

O PC Perspective publicou um longo e detalhado artigo sobre a Fermi, e a Nvidia, claro, enche a boca para falar da nova arquitetura. Mas eles não explicam o nome, que soa como o de um triste poodlezinho. [Nvidia, PC Perspective, Anandtech]