Eric, foi ótimo. Nós ainda vamos sentir sua falta como o CEO de uma das empresas mais importantes e influentes da história. Mas também vamos sentir falta das coisas estranhas, medonhas, absurdas e até bestas que você já falou. Abaixo seguem nossas favoritas:

1. “A definição de ‘mau’ para uma pessoa é uma definição diferente para outra pessoa.” (Lembre que o mantra do Google é “Don’t be evil”. Mas, estranhamente, não conseguimos descobrir quando ele disse isso.)

2. “Um dia nós tivemos uma conversa onde descobrimos que poderíamos simplesmente tentar prever o mercado de ações… e então decidimos que era ilegal. Então paramos de fazer isso.” (Ou seja, o Google poderia fazer muito mais coisas, mas decide não fazê-las.)

3. “Mais e mais pesquisas são feitas em seu lugar, sem você precisar digitar. Na verdade eu acho que a maioria das pessoas não quer que o Google responda suas perguntas… Eles querem que o Google diga o que eles deveriam fazer a seguir.” (Sobre o futuro das buscas.)

4. “A política do Google é chegar até o limite medonho e não passar dele.”

5. “Cada jovem um dia poderá automaticamente mudar seu nome quando chegar à idade adulta, para renegar brincadeiras joviais armazenadas nos sites de mídia social dos seus amigos.” (Sobre o impacto de registrar tantas informações sobre sua vida na internet.)

6. “Pra mim parece um bug que carros tenham sido inventados antes dos computadores.” (Schmidt acredita que computadores fazem certas coisas melhor, como dirigir.)

7. “Você pode confiar na gente com seus dados.”

8. “Existe um governo que você prefira que esteja responsável por isto?” (Schmidt assim pergunta: você confia mais no Google ou no governo pra armazenar suas informações?)

9. “Nós sabemos onde você está. Sabemos onde você esteve. E podemos saber mais ou menos sobre o que você está pensando.” (Sobre o futuro das buscas.)

10. “Em um mundo de ameaças assíncronas, é perigoso demais não haver uma forma de identificar você… Os governos exigirão isto.”

Foi divertido, Eric. Esperamos que Larry Page seja de soltar frases assim, que nem você. [State of SearchHuffington PostBuzzFeed]