Para os aspirantes a fotógrafo que não se importem muito com lentes intercambiáveis, mas queiram algo mais potente que uma point-and-shoot, a Fujifilm HS20 com tela de LCD articulável pode ser a escolha perfeita. E se a câmera tiver que ser pequena a ponto de caber no bolso, a F550EXR executa bem o trabalho, com GPS integrado e fotos em RAW.

A FinePix HS20 ultrapassa os limites de onde a HS10 foi – é uma câmera que não é bem uma DSLR ou uma micro four thirds, mas provavelmente irá botar sua point-and-shoot no chinelo. A HS20 tem um novo sensor de 16MP e zoom óptico manual de 30x (equivalente a 24mm – 720mm), e você pode alternar automaticamente entre a tela LCD 3” articulada e o viewfinder eletrônico, graças ao sensor de proximidade.

Também é possível fotografar em alta velocidade com a HS20 – ela pode capturar 8 frames em um segundo na resolução máxima ou gravar vídeos a 320fps, pode fazer também fotos panorâmicas e o já conhecido vídeo a 1080p. Tem uma saída de HDMI, modo totalmente manual, e pode fotografar em RAW, JPEG ou ambos. Ela tem uma nova interface e um processador melhorado capaz de reconhecer 27 cenas diferentes. Estará a venda no final de março por U$500.

A Finepix 550EXR tem o mesmo sensor de 16MP em uma versão que cabe no bolso, zoom óptico de 15x (equivalente a 24-340mm), uma tela LCD 3” com resolução de 460k, e GPS integrado para geotagging. Ela pode capturar até 12 frames em um segundo e fazer um vídeo de alta velocidade em 320fps em sua resolução máxima, ou vídeos de 1080p, fotos panorâmicas, auto-foco contínuo e reconhecimento facial. Estará disponível para venda em março por U$350. [Fujifilm]