Ezra Miller, astro de “Animais Fantásticos” e “The Flash”, foi preso na madrugada de segunda (28), em um bar no Havaí por conduta imprópria, segundo informações do site Deadline. O ator foi detido após o dono do estabelecimento reportar que ele tinha atacado, gritado com outros clientes e os agredido fisicamente. 

A polícia afirmou que Ezra Miller “ficou nervoso quando os outros clientes do bar começaram a cantar karaokê. Ele gritou obscenidades e, em dado momento, tirou à força o microfone da mão de uma mulher de 23 anos que estava no palco. Mais tarde, ele tentou agredir um homem de 32 anos que estava jogando dardos. O dono do bar pediu a Miller que se acalmasse várias vezes, mas não funcionou”, diz o texto.

A notícia foi divulgada a partir de um post da polícia do Havaí no Facebook. Segundo o texto das autoridades, Miller foi acusado formalmente por desordem e agressão — após passar a noite preso, o ator pagou fiança de US$ 500 (aproximadamente R$ 2.379), e vai responder ao processo em liberdade. 

Ezra fez sua primeira aparição como Flash em “Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça” (2016). O astro protagoniza o próximo filme do herói dos quadrinhos da DC, que está previsto para ser lançado em 2023. As gravações de “The Flash” foram finalizadas no final de 2021.

Miller, conhecido também por seus papéis em “Precisamos Falar sobre o Kevin” e “As Vantagens de Ser Invisível”, estará no elenco do longa-metragem “Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore”, que está com lançamento marcado para o dia 14 de abril nos cinemas.