O Asus Zenfone 6 foi anunciado no início do ano e estava previsto para chegar ao Brasil em outubro, mas acabou atrasando. Bem, ele enfim chegou: o smartphone com Android e tela de 6 polegadas custa R$ 999.

O Zenfone 6 possui tela IPS de 6 polegadas com resolução HD, mais tecnologia GloveTouch e PenTouch para você usá-la com luvas ou com uma caneta stylus.

Por dentro, ele tem processador Intel Atom dual-core de 1,6 GHz com Hyper-Threading, que age como se tivesse quatro núcleos; há também 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, expansível por cartão microSD.

A câmera traseira tem 13 megapixels e flash LED; e a câmera frontal tem 2 MP. Ele tem uma bateria grande (e não-removível) de 3.250 mAh. São 9,9 mm de espessura e 196 g.

O Zenfone 6 roda Android 4.4 com atualização garantida para o Lollipop, prevista “para o 1º semestre de 2015”. O sistema é personalizado pela Zen UI, com alguns recursos adicionais: o What’s Next reúne suas tarefas e compromissos em uma só lista; e o modo One Hand reduz os elementos de tela para você usar este smartphone de 6 polegadas com uma só mão.

Nós gostamos bastante do Zenfone 5, o irmão menor que custa a partir de R$ 599. Ele se destaca pelo desempenho, construção e câmera bem competitivos nessa faixa de preço. Nosso maior problema era a bateria – algo que, felizmente, o Zenfone 6 tem de sobra.

O Zenfone 6 está disponível em versão dual-chip, nas cores preta e branca, apenas na loja online da ASUS e na Kabum – mas “chegará a outros varejistas em breve”, segundo a Asus.