O melhor recurso do Twitter é um que você provavelmente não usa. Estou falando de favoritar, o ato de marcar com uma estrela um tweet que você gosta. Isso vai pegar.

O Twitter acabou de adicionar dois novos recursos: uma aba dedicada ao seu @username e uma aba de Atividade. A sua aba vai mostrar tudo o que acontecer relacionado a você – novos seguidores, retweets, tweets que te mencionarem e tweets seus que forem favoritados por outras pessoas. A aba Atividade mostra as mesmas coisas, mas sobre os seus amigos. Quais tweets eles favoritaram, quem eles seguiram etc. E também dá a opção de ver todos os tweets favoritos recentes deles.

Estes dois recursos tendem a promover o uso dos favoritos de um jeito que até agora não aconteceu. E isso vai ser muito legal.

Favoritar é bom para o Twitter e também para os seus usuários. É bom para o Twitter porque promove engajamento. As pessoas adoram dar o seu aval para as coisas. Elas adoram clicar em Curtir, ou no +1, ou em coraçõezinhos ou sinais de positivo. E, diferente de um RT (retweet), quando você favorita alguma coisa, isso não aparece na timeline da outra pessoa. É uma maneira de marcar algo, separar uma informação, sem precisar repeti-la para os seus seguidores. E é ótimo para que você veja como as pessoas reagiram aos seus tweets. Quem não gosta de um pouco de validação?

Favoritar é um dos recursos mais antigos do Twitter. Os primeiros usuários realmente usavam bastante, mas depois isso foi meio esquecido. Dê uma olhada na marca de 15:30 deste vídeo de 2006, por exemplo, quando Jack Dorsey mostra os 10 tweets favoritos do serviço. Este era um dos recursos mais proeminentes do Twitter naquela época.

Mas isso era na época em que o Dorsey só tinha 90 seguidores. Hoje ele tem 1,7 milhão. Em algum ponto entre o menos de uma centena e o mais de um milhão, o Twitter meio que enterrou o seu recurso favorito, intencionalmente ou não.

Enquanto o Twitter não se preocupava muito com isso, serviços de terceiros como o Favrd, o Tweetorites e principalmente o Favstar começaram a acompanhar os favoritos, até certo ponto criando uma subcultura de favoritos dentro destes serviços.

Mas com os recursos novos do Twitter, os favoritos estão fadados a voltar aos holofotes. Eu ficarei muito surpreso se o Twitter não estender estes novos recursos aos seus aplicativos móveis e desktop.

Enquanto isso, sites como o Stellar.io estão levando o ato de acompanhar favoritos ao próximo nível óbvio. O Stellar coleta os seus favoritos não apenas do Twitter, mas também do Flickr, Vimeo e YouTube. Assim que você começa a usar o Stellar, fica claro que agregar os favoritos (ou os Curtir do Facebook) de maneira pública é uma ótima ideia.

Apesar do recurso de Favoritos estar presente no Twitter há muito tempo, aquelas estrelinhas passaram muito tempo sem uso. Mas agora o Twitter mudou isso, dando aos usuários um modo fácil de ficarem mais engajados com o serviço. É inteligente. E será extremamente popular.

Bem-vindo à era dos Favoritos. Você vai adorar isso.