Feita por uma empresa que tem certa experiência em fazer coisas que não são nada frágeis, a Panasonic Lumix DMC-TS1 é uma câmera simples de apontar e clicar à prova d’água, à prova de pó e à prova de choque perfeita para o tipo desajeitado e/ou que gosta de ar livre.

Quase todos os aspectos da TS1 foram projetados pensando em seu uso pesado: a capa impermeável, reforçada com acolchoamento de borracha, vidro e resina de carbono para proteger a câmera durante o uso embaixo d’água a uma profundidade de até 3m e quedas em superfícies duras de até 1,5m de altura.

Agora sobre as especificações: a TS1 tira fotos de 12,1 megapixels e grava vídeos a 1080. A extensão efetiva das lentes é de amplos 28mm-128mm, a abertura da lente abre de 3,3-5,9 do tamanho máximo, a ISO vai até 6400 e a velocidade máxima do obturador é de 1/1300. Um LCD de 2.7 polegadas e 230.000 pontos adorna a parte de trás do corpo magrinho que mede 3,87 x 2,49 x 0,91, e os recursos de reconhecimento facial padrão, estabilização de imagem e modo criativo estão todos lá.

A TS1 chegará em abril por 400 dólares, o que não parece tão ruim considerando que ela poderia ser uma sólida câmera de viagem. Nota: a Panasonic ainda não liberou imagens do produto para a imprensa, mas a FT1, na foto acima, é a câmera equivalente européia da TS1, além de ser, para todos os efeitos práticos, idêntica. Foto do site LetsGoDigital.[Panasonic]