A Carl Zeiss anunciou o VR One, um dispositivo de realidade virtual para ser usado com um smartphone. É como o Gear VR da Samsung, mas que custará US$ 100.

O VR One é um visor montado na cabeça que exibe conteúdo de realidade virtual a partir do que está no seu smartphone. O visor funciona com dispositivos com telas entre 4,7 e 5,2 polegadas – você encaixa o smartphone em uma bandeja lateral projetada especificamente para o smartphone que você tem. No momento, só estão disponíveis bandejas para iPhone 6 e Samsung Galaxy S5. Vale notar que o dispositivo não funcionará com smartphones grandes como o iPhone 6 Plus, Galaxy Note 4 ou o LG G3. Ainda assim, pensamos que o VR One pode encontrar espaço no mercado, considerando que o Gear VR será compatível apenas com o Galaxy Note 4, enquanto ele pode, ao menos em teoria, funcionar com uma lista maior de dispositivos menores.

Carl Zeiss VR One

O VR One tem seu próprio kit de desenvolvimento para iOS e Android, e será lançado com dois apps diferentes desenvolvidos pela Zeiss.

A Zeiss é mais conhecida como designer e fabricante de lentes premium para câmeras, e apesar da realidade virtual parecer um pouco distante disso, na verdade são dois mercados bem próximos. A Zeiss é uma empresa de ótica e parte do desafio para a criação de um case para a cabeça é dominar a distância de visão e as lentes que funcionam melhor. A Zeiss se interessa em smartphones há algum tempo e já projetou lentes para ótimas câmeras de smartphones, como a linha Nokia Lumia.

Carl Zeiss VR One

Ele custará US$ 100 e, apesar de ainda não termos a confirmação do valor cobrado pelo Gear VR da Samsung, acreditamos que ele fique na casa dos US$ 200. Então o VR One será mais barato. Claro, não bate os US$ 25 necessários para o Virtual Reality Cardboard Toolkit da Dodocase, mas parece razoável considerando que falamos de um hardware de verdade.

O preço só será bom mesmo se o conteúdo for bom. Ou seja, os desenvolvedores precisam criar coisas para o VR One, ou ao menos o que for feito para outros dispositivos tem que ser facilmente adaptado para ele. O dispositivo chega às lojas dos EUA em dezembro. [Zeiss via Wired]