Atualizado às 15:33

Uma mulher foi atingida por um carro autônomo do Uber em Tempe, no Arizona, na noite deste domingo (18). Ela morreu no hospital após algumas horas devido aos danos causados pelo acidente. Esta é a primeira morte de um pedestre de que se tem notícia causada por um veículo no modo autônomo.



Os truques psicológicos do Uber para manter os motoristas a serviço de seu interesse
Encontrar sua nota de passageiro do Uber ficou bem mais fácil

A colisão fatal — noticiada pela rede ABC15, foi confirmada ao Gizmodo pelo Uber e pela polícia de Tempe — ocorreu por volta das 22h (horário local) na intersecção da avenida Mill e a estrada Road.

Segundo a polícia de Tempe, o carro estava no modo autônomo na hora do incidente, e havia um operador do veículo no volante — não havia passageiros, segundo o Uber. A vítima foi identificada pela polícia como Elaine Herzberg, de 49 anos. Ela estava atravessando a rua fora da faixa de segurança quando foi atingida.

Esse acidente fatal é o primeiro de que sem notícia envolvendo um carro autônomo e um pedestre. Um motorista morreu em 2016 quando o seu Tesla bateu em um caminhão enquanto estava no modo piloto automático — este foi o primeiro acidente fatal com um veículo semiautônomo. Na época, uma investigação do NTSB (National Transportation Safety Board), órgão de transporte dos EUA, concluiu que o motorista tinha sido avisado diversas vezes sobre manter suas mãos no volante antes da colisão.

Entramos em contato com o Uber e vamos atualizar a publicação assim que eles emitirem um comentário sobre o incidente. Por ora, a companhia fez um comunicado público no Twitter.

“Nossos corações estão com a família da vítima. Estamos cooperando com a polícia de Tempe e autoridades locais enquanto eles investigam o incidente.”

O programa piloto de veículos autônomos do Uber foi temporariamente suspenso no início de 2017 por causa de um acidente, também em Tempe, embora a colisão não tenha provocado lesões sérias. Em dezembro de 2016, um dos carros autônomos do Uber passou por um farol vermelho em San Francisco — um incidente que o Uber inicialmente atribuiu a um erro humano, mas que depois foi revelado ter sido causado pelo veículo. Com a morte de uma pessoa, o programa foi novamente suspenso.

Foto do topo por AP