A busca do Google para acabar com os vídeos com reprodução automática com som tem sido bem confusa no último ano. Porém, no mês passado, o Chrome foi até o fim e começou a silenciar os vídeos automáticos nos sites de forma padrão. Agora, o Google está mudando a maneira como seu sistema de silenciar funciona… de novo.

• O Chrome enfim começou a silenciar vídeos de reprodução automática por padrão
• Google vai banir todas extensões de mineração de criptomoedas da Chrome Store

Em uma publicação no blog oficial na quinta-feira (3), a equipe do Chrome anunciou que a versão mais recente do navegador já tinha começado a aprender quais sites você preferiria não silenciar. Isso não é completamente diferente do update anterior.

Antes, o Chrome ainda permitia o som em sites nos quais seu histórico mostrava uma tendência de interagir com o vídeo automático. Essa ressalva era especialmente importante para o Google porque ele é dono do YouTube — provavelmente um dos únicos sites em que você provavelmente não liga de ter seus ouvidos bombardeados do nada pelos seus alto-falantes. O novo sistema parece ser um pouco mais benevolente com anunciantes.

Do blog do Google:

Se você não tem histórico de navegação, o Chrome permite a reprodução automática para mais de mil sites em que vemos a maior porcentagem de visitantes reproduzindo mídia com som. Conforme você navega na rede, essa lista muda, à medida que o Chrome aprende e habilita a reprodução automática em sites em que você roda mídias com som durante maior parte das suas visitas, desativando o som em sites em que você não o faz. Dessa maneira, o Chrome lhe dá uma experiência de navegação previsível e personalizada.

Conforme você ensina o Chrome, talvez você se veja tendo que clicar em “play” de vez em quando, mas, no geral, a nova política bloqueia cerca de metade das reproduções automáticas indesejadas, para que você tenha menos surpresas e barulho indesejado ao chegar em um site.

Para ser sincero, a praga dos vídeos automáticos me treinou para, simplesmente, ter meu computador silenciado o tempo todo, e eu mal notei a última atualização do Chrome. Hoje mesmo, eu estava testando isso e percebi que meu computador do trabalho sequer recebeu a última versão do navegador.

Isso também significa que eu fico ainda mais surpreso quando esqueço de silenciar minha máquina. Existem alguns sites que visito que ou travam meu processador ou cospem um monte de pop-ups, e eu acabo fechando tudo de raiva. Mas o Google provavelmente não sabe da minha preferência de silenciar os sites mais sutis. No geral, minha preferência é de que tudo esteja no silencioso, incluindo o YouTube.

O recurso de silenciar lentamente tem sido parte de uma campanha mais ampla do Google para desencorajar táticas de anúncios irritantes. Se você tem curtido uma paz e um silêncio enquanto navega na rede, sinto lhe informar que talvez você precisará passar um tempo ensinando ao Google que você simplesmente não quer essa merda. Entramos em contato com a empresa para que eles esclareçam mais essa mudança.

[Google via Engadget]

Imagem do topo: Google