Esta não é a primeira vez que vemos os Anúncios Google fazendo algo inusitado: eles já foram usados para conseguir emprego e até para salvar o planeta. Mas quando você procurava pelo nome de uma loja de notebooks no Google, um anúncio recomendava tomar cuidado, porque eles "destroem seu equipamento e não estão nem aí". Bem, fazer anúncios assim é crime.

O IDG Now encontrou o anúncio no dia 05, quando buscava a loja Casa do Notebook (agora o anúncio não aparece mais). O link, que aparecia entre os Links Patrocinados, apontava para o site Reclame Aqui e avisava para tomar "muito cuidado" com a empresa.

O Reclame Aqui disse que não publicou este anúncio, e o diretor comercial da Casa do Notebook, Paulo Castanho, não acredita que tenha sido eles: provavelmente foi um cliente insatisfeito. E Castanho parece saber quem é: um cliente com um laptop caro e importado que não ficou satisfeito com os serviços da empresa.

O cliente insatisfeito aparentemente resolveu fazer um anúncio no Google, usando uma marca registrada que não é dele para apontar para um site que não é dele com a intenção de difamar. Como diz o advogado Renato Opice Bloom, especializado em Direito Digital, isso "não é errado, é crime" – e a pena para o infrator pode chegar a um ano de prisão (mas que geralmente não passa de serviços comunitários). O Google também poderia ser processado, mas explica que basta entrar em contato com a empresa para proteger a marca.

Então fica a lição: se você estiver irritado com os serviços de uma empresa, use o Reclame Aqui, entre em contato com o Procon, vale até xingar muito no Twitter… mas não vá se vingar assim da empresa. Dois errados não fazem um certo. [IDG]