Essa não.

A Sony anunciou que o lançamento de Gran Turismo 5, marcado para março no Japão, foi adiado. Para quando? Ninguém sabe.

O Times Online publicou algumas especulações sobre o adiamento. Uma possível razão seria a própria complexidade do jogo, que teria causado um grande e inesperado volume de trabalho a ser realizado pela equipe da Polyphony Digital.

O site do jornal britânico menciona também a possibilidade de haver “uma estratégia por trás do atraso”: prolongar o efeito do lançamento de títulos fortes no impulso de vendas do console. O lançamento de Final Fantasy XIII no Japão gerou um volume de vendas do PlayStation 3 maior do que esperado. Analistas dizem que, se a Sony sentir que já alcançou as metas de vendas do PS3 para o ano fiscal de 2009 (que termina em março de 2010), Gran Turismo 5 poderia ter o lançamento adiado a fim de alavancar as vendas do console em 2010.

O GTPlanet sugere a hipótese de que o game seja lançado simultaneamente em todo o mundo – aparentemente março era a data definida somente para o Japão.

No fórum do site, um usuário divulgou uma matéria exclusiva da “Official PlayStation Magazine” de fevereiro que confirma as seguintes características:

  • Mais de mil carros;
  • Cockpits modelados para todos os carros;
  • Sistema de danos para todos os carros (170 deles terão danos na parte interna do cockpit);
  • Estreia de Lamborghini, Bugatti, Mercedes-Benz SLS AMG e Ferrari 458 Italia;
  • Veículos híbridos e elétricos, incluindo da Tesla;
  • Modo online com até 16 jogadores simultâneos;
  • Aproveitamento de dados do GT Prologue e do Gran Turismo para PSP;
  • Rastreamento de cabeça (head tracking);
  • Corridas à noite e sob diferentes condições climáticas;
  • Carros e pistas da Nascar;
  • Carros e pistas da Indy (IRL).

Além disso, a revista revela que cada carro leva de três a seis meses para ficar pronto no jogo – sem contar o tempo gasto para encontrar o veículo ao vivo e fotografá-lo.

Passei a olhar com maior desconfiança o lançamento em março quando saiu a notícia de que o jogo não teria apenas pistas e carros da Nascar (informação antiga), mas da Indy (novidade). Acrescentar circuitos, carros, milhões de novos parâmetros técnicos leva muito tempo.

[ATUALIZAÇÃO] Uma errata na “Official PlayStation Magazine” de março diz que o game não terá carros e pistas da Indy. Estranho. Será que a Polyphony Digital mudou de ideia, ou foi mesmo um erro grosseiro da revista?

De qualquer maneira, é bom ver a confirmação de que haverá corridas sob diferentes condições climáticas. Agora é torcer para que as variações no clima possam ocorrer durante as provas.

Sou a favor de que demorem o tempo que julgarem necessário para alcançar a qualidade que desejam, mas esse negócio de divulgar datas sem certeza é meio irritante.

Pelo menos não precisarei comprar o Logitech G27 tão cedo.

[PlayStation.com; Times Online; GTPlanet; Kotaku; foto da revista Digital-Nitrate (GTP Forums)]