Já parou para ler os comentários de algum vídeo popular no YouTube? É um jeito bem fácil e rápido de perder a fé na humanidade. É muito chorume. Você pode pegar os piores comentários dos grandes portais de notícias e não terá nada similar ao encontrado no YouTube. O pessoal de lá sabe bem disso e encontrou uma maneira de subir o nível dos comentários.

Conversações

Na forma atual como os comentários do YouTube funcionam, a última pessoa a enviar alguma coisa aparece no topo da lista de comentários. Mas este comentário não é necessariamente algo útil nem inspirador, talvez nem mesmo inteligente. Então por que mostrá-lo? O novo sistema usará algoritmos para determinar quais pessoas é mais provável que você tenha interesse em ler o que escreveu. Isso inclui comentários de amigos, do criador do vídeo, e de “personalidades populares” (celebridades, por exemplo).

E não é só isso. Atualmente, como os comentários são mostrados conforme são postados, tentar acompanhar uma conversa e descobrir quem está respondendo o que é bem complexo. O YouTube finalmente vai agrupar as conversas para facilitar na hora de saber quem está falando do que. Considerando que o Google é dono do YouTube e do Gmail – que foi quem levou as mensagens agrupadas para o grande público – é bizarro pensar que demorou tanto tempo para isso ser feito.

youtube

Conversas privadas

A nova plataforma de conversas não é feita pelo YouTube. Ela usa o Google+. E isso faz bastante sentido. Afinal, talvez você queira colocar um comentário em um vídeo que seus amigos e seguidores podem se interessar, mas não está interessado em berrar para um monte de trolls anônimos de internet. Quando você comentar algum vídeo do YouTube, terá a opção de deixar a sua mensagem pública, visível apenas para pessoas dos seus círculos ou algumas pessoas específicas que você escolher. Isso permitirá que criadores de conteúdo iniciem conversas que apenas seus fãs (ou assinantes) poderão ver.

Além disso, haverá uma espécie de cruzamento de posts entre YouTube e Google+. Se você postar um vídeo no Google+ e adicionar algum comentário sobre ele, ele vai aparecer no YouTube também. Você também poderá escolher em ter o comentário mostrado apenas no YouTube ou apenas no Google+. Muito mais controle.

ku-xlarge

Filtros

Infelizmente, a possibilidade de comentar anonimamente no YouTube solta o que há de pior nas pessoas. Você encontra comentários racistas, sexistas, homofóbicos, ignorantes e horríveis de diversas outras formas em praticamente todo vídeo minimamente popular. Atualmente, quem envia o vídeo pode escolher entre ativar e desativar os comentários, além de ter a possibilidade de aprovar manualmente quais aparecem no vídeo. Mas grandes canais com milhões de visualizações semanais não podem moderar os comentários – e, por isso, o YouTube está adicionando filtros para facilitar as coisas.

Com eles, os criadores de conteúdo não apenas poderão determinar que pessoas sejam colocadas em listas de Aprovados ou Bloqueados (que bloqueiam automaticamente comentários de determinados usuários ou aprovam o que eles escrevem), mas também poderão adicionar palavras a uma lista de bloqueio. Comentários com essas palavras (ou outras palavras parecidas) serão enviadas para uma espécie de limbo, e os criadores poderão escolher entre descartar ou aprovar. Assim, os filtros podem evitar comentários com discursos de ódio, ou palavras como “spoiler” e “estúpido”.

Mas sabemos que esses idiotas são muito bons na hora de escrever incorretamente algumas palavras para evitar os filtros. Então vamos ver como eles vão funcionar para evitar variações. Mas, de qualquer forma, ações que reduzem a intolerância ou a idiotice na internet sempre são bem-vindas.

Disponibilidade

Os comentários com o poder do Google+ começaram a ser liberados hoje, e continuarão sendo disponibilizados durante a semana. Os filtros já estão disponíveis em canais, mas vídeos individuais ainda demorarão algum tempo para recebê-los.